Busca avançada

As propagandas de bebidas alcoólicas associadas com esportes e a relação com o público jovem

Processo: 11/18963-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2012 - 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Ilana Pinsky Streinger
Beneficiário:
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Consumo de bebidas alcoólicas  Políticas públicas  Propaganda comercial  Regulamentação comercial  Esportes  Adolescentes  Crianças 

Resumo

A literatura internacional aponta que a publicidade de bebidas alcoólicas está associada ao aumento de consumo de álcool pela população geral e, em especial, entre crianças e adolescentes. Pesquisas mostram que a publicidade de álcool é também direcionada ao público jovem, sugerindo a influência na tomada de decisão de consumir álcool. Além disso, crianças e adolescentes mais expostos à publicidade de bebidas alcoólicas antecipam o início do consumo, consomem álcool em maiores quantidades, o que gera importantes problemas de saúde pública. Tanto a identificação quanto a apreciação do jovem em relação ao conteúdo da publicidade de álcool são fatores importantes nesta direção. As propagandas que os adolescentes mais gostam e se identificam são aquelas que abordam humor, erotismo e camaradagem, geralmente relacionadas com eventos esportivos, como jogos de futebol. Para evitar este tipo de influência, existem regulamentos no Brasil às quais a publicidade de bebidas alcoólicas está submetida para promover o produto de maneira socialmente responsável. São dois os sistemas de controle: legal e autorregulamentação. Estudos conduzidos até o momento, inclusive no Brasil, mostram que o controle das propagandas de bebidas alcoólicas não funciona, pois as regras da autorregulamentação publicitária são sistematicamente violadas. Além disso, a indústria do álcool passou a diversificar os meios de promoção, incluindo a utilização das novas mídias, como redes de relacionamento na internet, e-mails virais, mensagens em telefone celular etc., meios populares entre os mais jovens. Pesquisas conduzidas financiadas pela Fapesp a partir de 2004 (FAPESP: 03/06250-7 e 04/13564-0), pioneiras no país, colaboraram para o conhecimento da realidade em torno do tema, subsidiando o debate do ponto de vista da saúde pública. O objetivo principal do atual projeto é aprofundar a investigação sobre a publicidade das bebidas alcoólicas entre os jovens brasileiros, dando continuidade à linha de pesquisa inaugurada pelo projeto FAPESP: 03/06250-7 e 04/13564-0. Para tanto, os autores propõem a execução de um estudo que buscaria analisar a relação da publicidade de bebidas alcoólicas com os esportes, tendo em vista a importância dessa relação e a preparação para o Brasil sediar eventos esportivos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Aspectos analisados incluirão a monitoração de violações ao código brasileiro de autorregulamentação publicitária, a publicidade via internet e a relação entre atléticas universitárias e publicidade de álcool. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PINSKY, ILANA; NOTO, ANA REGINA; BOTEQUIO DE MORAES, MARIA CAROLINA; DOS SANTOS, ELAINE LUCAS; SPARKS, ROBERT; O'BRIEN, KERRY. Alcohol Industry Sponsorship of University Student Sports Clubs in Brazil. Journal of Studies on Alcohol and Drugs, v. 78, n. 2, p. 306-312, MAR 2017. Citações Web of Science: 0.
DA COSTA E SILVA, VERA LUIZA; PANTANI, DANIELA; ANDREIS, MONICA; SPARKS, ROBERT; PINSKY, ILANA. Bridging the gap between science and public health: taking advantage of tobacco control experience in Brazil to inform policies to counter risk factors for non-communicable diseases. ADDICTION, v. 108, n. 8, p. 1360-1366, AUG 2013. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.