Busca avançada
Conteúdo relacionado

Consumo de alimentos ultraprocessados, perfil nutricional da dieta e obesidade em sete países

Processo: 15/14900-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de abril de 2016 - 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Carlos Augusto Monteiro
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Patricia Constante Jaime ; Renata Bertazzi Levy
Pesq. associados: Aluísio Jardim Dornellas de Barros ; Ana Paula Bortoletto Martins ; Bernardo Lessa Horta ; Camila Corvalan ; Catarina Machado Azeredo ; Christopher Joseph Millett ; Daniela Silva Canella ; Denise Petrucci Gigante ; Diana Celmira Parra Perez ; Fernanda Baeza Scagliusi ; Gyorgy Scrinis ; Iná da Silva dos Santos ; Jean Claude Moubarac ; Malek Batal ; Marcela Reyes Jedlicki ; Maria Cecília Formoso Assunção ; Maria Helena D'Aquino Benicio ; Rafael Moreira Claro ; Ricardo Uauy Dagach ; Roberto De Vogli
Bolsa(s) vinculada(s):16/25853-4 - Consumo de alimentos ultraprocessados, perfil nutricional da dieta e desfechos de saúde entre crianças e adolescentes dos Estados Unidos, BP.PD
16/25064-0 - Alimentos ultraprocessados e o consumo de fibras alimentares no Brasil, BP.IC
16/25013-6 - Alimentos ultraprocessados e açúcares livres na dieta dos brasileiros, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 16/13168-5 - Consumo de alimentos ultraprocessados, perfil nutricional da dieta e obesidade em sete países. estudo na população australiana, BP.DR
16/14302-7 - Consumo de alimentos ultraprocessados e indicadores de qualidade nutricional da dieta na Austrália, BP.PD
16/13669-4 - Consumo de alimentos ultraprocessados e indicadores de qualidade nutricional da dieta no Reino Unido, BP.PD
16/13522-3 - Consumo de alimentos ultraprocessados e indicadores de qualidade nutricional da dieta no Chile, BP.PD - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Saúde pública  Epidemiologia  Alimentos processados  Dieta  Nutrientes (alimentação)  Obesidade 

Resumo

Este projeto estuda o padrão de consumo de alimentos ultraprocessados e sua influência sobre o perfil nutricional da dieta e o risco de obesidade na população de sete países. O estudo, coordenado pelo NUPENS/USP, conta com equipes de investigadores nos sete países. Envolve a análise de dados antropométricos e de ingestão de alimentos (registros ou recordatórios de 24 hs) coletados por inquéritos nacionais domiciliares e probabilísticos realizados no Brasil (n=34.003 indivíduos com 10 ou mais anos de idade), Colômbia (n=37.211, 0 a 64 anos), Chile (n=4.920, e 2 anos), Estados Unidos (n=19.903, todas as idades), Canadá (n=35.107, todas as idades), Reino Unido (n=6.828, todas as idades) e Austrália (n=12.153, e 2 anos). Serão classificados como alimentos ultraprocessados itens de consumo que correspondam a formulações industriais de substâncias extraídas de alimentos ou sintetizadas com base em substratos de alimentos ou outras fontes orgânicas, com pouco ou nenhum alimento inteiro - conceito desenvolvido no NUPENS/USP e crescentemente utilizado na literatura científica internacional, na elaboração de guias nacionais de alimentação e em propostas de políticas regulatórias. Em cada país, e nos sete países em conjunto, as associações entre consumo de alimentos ultraprocessados e perfil nutricional da dieta e ocorrência de obesidade serão estudadas de forma transversal e com o controle de variáveis de confundimento. No caso da associação com a obesidade, serão empregados procedimentos para controle de causalidade reversa. No Brasil, as associações serão testadas também longitudinalmente em três coortes de pessoas nascidas em 1982 (n=5.914), em 1993 (n=5.249) e em 2004 (n=4.231). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Pós-Doutorado em Epidemiologia Nutricional na USP 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
STEELE, EURIDICE MARTINEZ; MONTEIRO, CARLOS A. Association between Dietary Share of Ultra-Processed Foods and Urinary Concentrations of Phytoestrogens in the US. NUTRIENTS, v. 9, n. 3 MAR 2017. Citações Web of Science: 0.
STEELE, EURIDICE MARTINEZ; POPKIN, BARRY M.; SWINBURN, BOYD; MONTEIRO, CARLOS A. The share of ultra-processed foods and the overall nutritional quality of diets in the US: evidence from a nationally representative cross-sectional study. POPULATION HEALTH METRICS, v. 15, FEB 14 2017. Citações Web of Science: 3.
MOUBARAC, JEAN-CLAUDE; BATAL, M.; LOUZADA, M. L.; MARTINEZ STEELE, E.; MONTEIRO, C. A. Consumption of ultra-processed foods predicts diet quality in Canada. APPETITE, v. 108, p. 512-520, JAN 1 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.