Busca avançada
Ano de início
Entree

Apoio para a pesquisa integrada através do monitoramento de medidas do clima e da biodiversidade

Processo: 16/04982-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa eScience e Data Science - Regular
Vigência: 01 de maio de 2017 - 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Pedro Luiz Pizzigatti Corrêa
Beneficiário:Pedro Luiz Pizzigatti Corrêa
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesq. associados:Katia Maria Paschoaletto Micchi de Barros Ferraz ; Rodrigo Silva Pinto Jorge
Bolsa(s) vinculada(s):18/06107-5 - Análise visual: ferramentas de visualização de dados no auxílio da descoberta de conhecimento nos repositórios de dados do experimento GoAmazon2014/5, BP.IC
Assunto(s):Sistemas de informação  Big data  Interoperabilidade  Biodiversidade  Clima  Mudança climática 

Resumo

Projetos de observação de campo em grande escala estão coletando dados biológicos e climáticos, essas coleções são tipicamente numa escala local, gerando um conjunto de dados híbridos, tanto climáticos como de biodiversidade. Esses dados híbridos apoiarão uma nova pesquisa integrada que responderão a algumas questões científicas fundamentais, tais como os aerossóis e outros parâmetros climáticos estão relacionados com parâmetros de biodiversidade em escala de tempo-espaço local e regional na Amazônia. Recentemente foram iniciados projetos de monitoramento em larga escala climáticos e de biodiversidade na região amazônica. O Programa de Medição Atmosférica (ARM) chamado Green Ocean Amazon do Departamento de Energia dos EUA em colaboração com o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA - Brasil) está coletando dados climáticos em três locais experimentais na região amazônica. Estas medições têm por objetivo estudar aerossóis além das interações nuvem-aerossol-precipitação. Da mesma forma o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente do Brasil (ICMBio/MMA), estabeleceu um protocolo para o monitoramento da biodiversidade a longo prazo em Unidades de Conservação, o qual inclui a coleta de observações de borboletas frugívoras, plantas vasculares, aves e mamíferos de médio e grande portes. Este protocolo de amostragem está ocorrendo em oito Unidades de Conservação no bioma amazônico, coletados desde outubro de 2014, através de uma cooperação de ICMBio/MMA, Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) e Fundação Moore. O objetivo deste estudo é utilizar os dados coletados pelo ICMBio/MMA de borboletas, plantas, aves e mamíferos numa escala regional e os dados coletados por instrumentos em sites experimentais do projeto ARM na região de Manaus (AM) e Mancapuru (AM), para serem visualizados e analisados de maneira integrada através de ferramentas de software. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.