Busca avançada

INCT 2014: em Eletrônica Orgânica INEO

Processo: 14/50869-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de junho de 2023
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física
Convênio/Acordo: CNPq - INCTs
Pesquisador responsável:Roberto Mendonça Faria
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Assunto(s):Eletrônica orgânica 

Resumo

O projeto do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Eletrônica Orgânica (INEO) propõe formar uma rede que reúne pesquisadores com o objetivo de desenvolver Ciência e Tecnologia em Eletrônica Orgânica e em sistemas relacionados. O INEO proposto compreende mais de 40 grupos de pesquisa em diferentes áreas da Física, Química e Engenharia, resultando em uma rede capaz de enfrentar os desafios multidisciplinares da área de Eletrônica Orgânica e sistemas híbridos orgânicos-inorgânicos. Os principais objetivos do INEO estão listados abaixo neste formulário. Na pesquisa, a proposta divide-se em dois ramos. O ramo A é composto por projetos que envolvem materiais sintéticos orgânicos e filmes finos nanoestruturados. Os projetos relacionados visam estudos estruturais e morfológicos de filmes finos, estudos de fenômenos de transporte elétrico e de interfaces, propriedades ópticas dos materiais semicondutores orgânicos e híbridos, fabricação e caracterização de dispositivos eletrônicos e optoeletrônicos, bem como de tecnologias de eletrônica impressa. O ramo B trata de propriedades físico-químicas de moléculas biologicamente relevantes e o impacto sobre suas ações fisiológicas. O conhecimento básico do comportamento dos sistemas biomoleculares impulsiona o desenvolvimento de biossensores, dispositivos bioeletrônicos, sistemas de distribuição e controle de drogas e aplicações em Engenharia de Tecidos. O ramo C descreve as atividades de disseminação de conhecimento propostas dentro do INEO, as quais serão executadas por três subprojetos principais: (i) "CiênciaWeb"; (ii) Viajando com o ônibus do conhecimento; e (iii) Programa Futuro Cientista. Finalmente, as atividades do ramo D descrevem propostas em colaboração com empresas e setores públicos, o apoio dado pela universidade e suas agências de inovação e projetos relacionados à prospecção de oportunidades de aplicações industriais. Vide projeto anexo. (AU)