Busca avançada

Fortes laços em linhas rotas: experiências de intelectuais negros em jornais fluminenses e paulistanos no fim do Século XIX (1880-1910)

Processo: 09/09115-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Sidney Chalhoub
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/57297-1 - Trabalhadores no Brasil: identidades, direitos e política (séculos XVII a XX), AP.TEM
Assunto(s):Racismo

Resumo

O objetivo deste projeto é promover um estudo comparativo sobre as experiências de um conjunto de intelectuais negros que, atuantes na imprensa paulistana e fluminense entre as décadas de 1880 e 1910, apresentaram seus próprios entendimentos sobre projetos e processos de formação nacional brasileira. A partir do cruzamento de fontes como textos jornalísticos - sobretudo, crônicas -, correspondências, documentos pessoais e familiares, contos e romances, a pesquisa gira em torno das estratégias e arranjos político-culturais forjados pelos intelectuais negros Machado de Assis, José do Patrocínio, Ignácio de Araújo Lima, João China, Arthur Carlos, Theophilo Dias de Castro, e Bernardino Ferraz no curso de suas vidas, marcadas por uma mistura de contestação radical e anseios de integração social. Num diálogo com a crítica literária e os estudos sobre a imprensa, este projeto, localiza-se entre os estudos historiográficos sobre experiências de homens negros livres. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa:
A intelectualidade negra do Império