Pesquisa avançada

Geoprocessamento do consumo de álcool entre estudantes do ensino médio do município de Araraquara (SP)

Processo: 10/07727-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição
Pesquisador responsável:Patrícia Petromilli Nordi Sasso Garcia
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/11526-8 - Geoprocessamento do consumo de álcool entre estudantes do ensino médio do município de Araraquara (SP), AP.R
Assunto(s):Epidemiologia   Geoprocessamento   Alcoolismo   Saúde pública

Resumo

Frente à relevância do alcoolismo no cenário da saúde pública brasileira propõe-se este estudocom o objetivo de identificar o padrão de consumo de álcool entre estudantes do ensino médio do município de Araraquara - SP, sua associação com variáveis sócio-demográficas e sua distribuição espacial, considerando a importância do diagnóstico precoce para implantação de políticas públicasvoltadas para prevenção e tratamento desta condição. Trata-se de estudo observacional do tipo transversal. O delineamento amostral adotado será o probabilístico estratificado. O tamanho da amostra foi estabelecido por meio do processo de amostragem para população finita sendo estimado em 1.612 indivíduos. Para identificação de desordens devido ao álcool será utilizado o questionário AUDIT e suas versões reduzidas (AUDIT-C e AUDIT-3). Para a detecção do comportamento de beber do tipo binge será utilizada uma pergunta classificada como padrão-ouro. Para caracterização da amostra serão levantadas informações referentes à idade, sexo, relacionamento familiar, presença ou não de religião,prática esportiva, trabalho, nível econômico, nível de escolaridade e primeiro contato com o álcool. Para avaliação do nível sócio-econômico será utilizada a escala proposta pela Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa. A partir dos endereços dos estudantes será confeccionada uma base de informações georreferenciadas. Será realizada estatística descritiva das variáveis. Para estudo da efetividade da detecção do beber em binge quando da utilização de diferentes pontos de corte nosdiferentes métodos será estimada a sensibilidade, a especificidade, a acurácia e os valores preditivos positivos e negativos dos testes. Será construída também a curva ROC e calculada sua área. A associação entre o "risco de beber" com cada uma das variáveis de interesse será estudada por meio do teste de qui-quadrado (Ç2). Os dados que apresentarem significância estatística ou p<0,15 irão compor aanálise multivariada. O nível de significância será de 5%. Após cômputo dos resultados serãoagendadas palestras, em cada instituição, para divulgação dos mesmos e para realização de orientações sobre os riscos do uso abusivo de álcool. (AU)