Busca avançada

Estudo de biomarcadores na esclerose lateral amiotrófica

Processo: 11/21521-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 22 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marcondes Cavalcante Franca Junior
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):Neurologia   Neurofisiologia   Esclerose amiotrófica lateral   Biomarcadores   MicroRNAs   Ressonância magnética

Resumo

A Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) é uma doença neurodegenerativa caracterizada por perda de força progressiva, que se dissemina para todas as regiões do corpo, sendo acompanhada por atrofia muscular generalizada, fasciculações e cãimbras, culminando com o óbito cerca de 3 anos após os sintomas iniciais. Do ponto de vista clínico, tanto o diagnóstico quanto a estimativa de prognóstico são difíceis de serem realizados numa fase precoce da doença, pois há grande variabilidade fenotípica entre os portadores e carência de exames informativos. Portanto, a identificação de marcadores tanto para diagnóstico quanto para estimativa de prognóstico seria extremamente útil do ponto de vista clínico. Desse modo, propomos um estudo prospectivo com o objetivo de avaliar a utilidade da ressonância magnética (medidas de análise quantitativa do volume cerebral cortical, análise de textura e análise de relaxometria T2), da neurofisiologia clínica (índice neurofisiológico) e da Biologia Molecular (quantificação sérica de microRNAS miR-9 e 206 e possivelmente outros) como biomarcadores em ELA. Cada paciente será avaliado no momento inicial, bem como 6 e 12 meses após. As análises estatísticas serão de natureza transversal (avaliação diagnóstica) e longitudinal (avaliação prognóstica), e os testes serão escolhidos de acordo com as características amostrais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Em busca do diagnóstico precoce para ELA 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ALBUQUERQUE, MILENA; ANJOS, LARA G. V.; TAVARES DE ANDRADE, HELEN MAIA; DE OLIVEIRA, MARCIA S.; CASTELLANO, GABRIELA; RIBEIRO DE REZENDE, THIAGO JUNQUEIRA; NUCCI, ANAMARLI; FRANCA JUNIOR, MARCONDES CAVALCANTE. MRI Texture Analysis Reveals Deep Gray Nuclei Damage in Amyotrophic Lateral Sclerosis. JOURNAL OF NEUROIMAGING, v. 26, n. 2, p. 201-206, MAR-APR 2016. Citações Web of Science: 3.
REZENDE, THIAGO J. R.; DE ALBUQUERQUE, MILENA; LAMAS, GUSTAVO M.; MARTINEZ, ALBERTO R. M.; CAMPOS, BRUNNO M.; CASSEB, RAPHAEL F.; SILVA, CYNTHIA B.; BRANCO, LUCAS M. T.; D'ABREU, ANELYSSA; LOPES-CENDES, ISCIA; CENDES, FERNANDO; FRANCA, JR., MARCONDES C. Multimodal MRI-Based Study in Patients with SPG4 Mutations. PLoS One, v. 10, n. 2 FEB 6 2015. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.