Pesquisa avançada

Caracterização funcional da crotoxina e de sua subunidade básica na junção neuromuscular: estudos radioquímicos e de vídeo-microscopia em tempo real

Processo: 13/03624-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 10 de julho de 2013
Vigência (Término): 09 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Marcos Roberto de Mattos Fontes
Beneficiário:
Supervisor no Exterior: Paulo Jorge Silva Correia Sá
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade do Porto (UP), Portugal  
Vinculado à bolsa:12/00428-8 - Caracterização estrutural e funcional da crotoxina e de sua subunidade básica na junção neuromuscular e influência de agentes neutralizadores, BP.PD
Assunto(s):Toxicologia   Crotoxina   Fosfolipases A2   Junção neuromuscular

Resumo

A crotoxina é a principal fração tóxica do veneno da Crotalus durissus terrificus. Esta proteína é um complexo heterodimérico constituída por uma subunidade básica, com atividade fosfolipase A2, conhecida como crotoxina B (CB), e por uma subunidade ácida não-enzimática que atua como carreador, denominada crotapotina (CA). Estudos farmacológicos revelaram que a junção neuromuscular constitui um dos principais sítios de ação desta toxina, causando paralisia muscular devido a uma somatória de efeitos pré e pós-sinápticos. Apesar dos esforços dedicados ao tema, o mecanismo de ação e o sítio molecular de ação da crotoxina ainda não são bem conhecidos. Em vista do exposto, o presente projeto tem por objetivo investigar a cinética da liberação do neurotransmissor sob a influência da crotoxina ou da CB, através da quantificação de acetilcolina marcada com trítio e da avaliação da exocitose do mediador químico em tempo real, possibilitando assim, avançar no conhecimento da ação pré-sináptica desta toxina. (AU)