Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de metagenômica para descoberta de novos vírus na Mata Atlântica paulista

Processo: 13/22136-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Paolo Marinho de Andrade Zanotto
Beneficiário:Nicholas Di Paola
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Auxílio(s) vinculado(s):18/02055-0 - A adaptação ao uso de codões vertebrados se relaciona com o potencial de emergência do Flavivirus?, PUB.ART   18/02056-7 - Seqüência genoma completa de um metapneumovírus humano isolado coletado no Brasil, PUB.ART   18/01768-3 - Sequências completas do genoma de cinco isolados de vírus sincicial respiratório humano coletados no Brasil, PUB.ART   17/24004-6 - Sequências completas do genoma de dois vírus da parainfluenza humana tipo 3 isolados coletados no Brasil, PUB.ART
Assunto(s):Epidemiologia   Metagenômica   Sequenciamento de alta performance   Zoonoses

Resumo

Abordagens metagenômicas têm possibilitado a descoberta de uma variedade de vírus previamente desconhecidos no meio ambiente e nas populações humanas. No Brasil, a fragmentação e a invasão de áreas florestas tropicais têm aumentado exponencialmente as chances da exposição humana a vírus exóticos e novas zoonoses. A Mata Atlântica presente no Atlântico-Sul margeia pequenas áreas de populações humanas que possuem acesso às metrópoles densamente populadas e portos marítimos. Dado o grande potencial de espalhamento viral, este projeto tem como objetivo coletar amostras de soro em áreas geográficas que apresentam este perfil de maior contato com regiões tropicais próximas a metrópoles. Objetivamos identificar novos vírus utilizando (I) uma abordagem de sequenciamento de alta performance (sequenciamento de segunda geração) e (II) análise in silico dos perfis do modelo de Markov. Ao final, esperamos caracterizar possíveis novas espécies virais e cultivá-las em linhagens celulares a fim de determinar a prevalência da infecção humana por meio sorologia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Vacinas para vírus emergentes 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DI PAOLA, NICHOLAS; DE MELO FREIRE, CAIO CESAR; DE ANDRADE ZANOTTO, PAOLO MARINHO. Does adaptation to vertebrate codon usage relate to flavivirus emergence potential?. PLoS One, v. 13, n. 1 JAN 31 2018. Citações Web of Science: 0.
BARBOSA, CARLA M.; DI PAOLA, NICHOLAS; CUNHA, MARIELTON P.; RODRIGUES-JESUS, MONICA J.; ARAUJO, DANIELLE B.; SILVEIRA, VANESSA B.; LEAL, FABYANO B.; MESQUITA, FLAVIO S.; BOTOSSO, VIVIANE F.; ZANOTTO, PAOLO M. A.; DURIGON, EDISON L.; SILVA, MARCOS V.; OLIVEIRA, DANIELLE B. L. Yellow Fever Virus RNA in Urine and Semen of Convalescent Patient, Brazil. Emerging Infectious Diseases, v. 24, n. 1, p. 176-178, JAN 2018. Citações Web of Science: 1.
FALL, GAMOU; DI PAOLA, NICHOLAS; FAYE, MARTIN; DIA, MOUSSA; DE MELO FREIRE, CAIO CESAR; LOUCOUBAR, CHEIKH; DE ANDRADE ZANOTTO, PAOLO MARINHO; FAYE, OUSMANE; SALL, AMADOU ALPHA. Biological and phylogenetic characteristics of West African lineages of West Nile. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 11, n. 11 NOV 2017. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NICHOLAS DI PAOLA. Descoberta e caracterização de vírus emergentes e reergentes em áreas peri-florestais.. 2018. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.