Busca avançada

Composição e abundância de larvas de lepidópteros associadas à Piper spp. (Piperales: Piperaceae) na Mata de Santa Genebra, SP

Processo: 16/01380-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Convênio/Acordo: NSF - Dimensions of Biodiversity e BIOTA
Pesquisador responsável:André Victor Lucci Freitas
Beneficiário:
Instituição-sede : Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50316-7 - Dimensões US-BIOTA São Paulo: diversidade de interações multi-tróficas quimicamente mediadas em gradientes nos trópicos, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Lagartas   Animais herbívoros   Lepidoptera   Piper

Resumo

Insetos herbívoros e suas plantas hospedeiras correspondem, juntos, a mais da metade de toda a riqueza de espécies conhecida. As interações entre estes é complexa e fundamental na manutenção de diversos processos ecológicos e evolutivos em comunidades naturais. Entre os insetos que apresentam hábito fitófago, os estágios imaturos de Lepidopteros (lagartas) são frequentes e, muitas vezes dominantes, em comunidades de insetos herbívoros. No entanto, a falta de dados empíricos, especialmente no que se refere à estrutura de comunidades de insetos herbívoros, tem impossibilitado a compreensão e o estabelecimento de padrões gerais de especificidade e riqueza. Assim, este projeto apresenta como principais objetivos verificar a composição e abundância de lagartas, e caracterizar quantitativamente a herbivoria, em duas espécies do gênero Piper (Piperales: Piperaceae), o qual é considerado como um modelo para estudos fitoquímicos, ecológicos e evolutivos. O trabalho será desenvolvido na "ARIE Mata de Santa Genebra" (Campinas, SP). Serão amostrados, arbitrariamente, 30 indivíduos de P. amalago e 30 indivíduos de P sp. 2. Destes, 15 para cada espécie serão utilizados para a coleta de dados de composição e abundância de larvas de Lepidoptera, e 15 serão utilizados para a quantificação da herbivoria foliar através de estimativas visuais. De modo geral e com base em outros estudos similares, espera-se como resultado a ocorrência de uma ou poucas espécies dominantes de lagartas, as quais correspondem a mais de 30% do total de indivíduos inventariados, e são encontradas durante a maior parte do ano. (AU)