Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos básicos da combinação dos efeitos fototérmico e fotodinâmico na aplicação de uma nova modalidade para o tratamento do Câncer

Processo: 16/14033-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Vigência (Término): 21 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Radiologia e Fotobiologia
Pesquisador responsável:Vanderlei Salvador Bagnato
Beneficiário:Hilde Harb Buzzá
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07276-1 - CEPOF - Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica, AP.CEPID
Bolsa(s) vinculada(s):17/26710-5 - Estudo de porfissomos e agregados-J e o entendimento da distribuição da luz do calor para aplicação em terapia fototérmica para tratamento de tumores, BE.EP.PD
Assunto(s):Terapia fotodinâmica   Terapia a laser de alta intensidade   Neoplasias   Nanopartículas   Técnicas in vitro

Resumo

Câncer é o nome dado para mais de cem tipos de doenças que possuem, em comum, a perda da capacidade de diferenciação celular e o crescimento desordenado de células, que resultam na formação de neoplasias, como os tumores. Em alguns casos, as opções disponíveis para o tratamento do Câncer, hoje, são consideradas ineficientes e, muitas vezes, são descartadas diante dos inúmeros efeitos colaterais indesejados. O tecido tumoral é bastante complexo e diverso, tornando quase impossível o seu tratamento com uma única metodologia, o que mostra uma necessidade para a descoberta de novas soluções em tratamentos. Nesse contexto, as terapias fotônicas são alternativas de grande visibilidade no combate a essa doença, uma vez que são localizadas e reduzem os efeitos colaterais. A Terapia Fotodinâmica (TFD), área de expertise do nosso grupo de pesquisa, consiste na interação entre luz, um agente fotossensível e o oxigênio molecular, que resulta na geração de oxigênio singleto, altamente citotóxico para a célula. Apesar da ampla aplicação da TFD, ainda pouco se sabe sobre os efeitos da temperatura em sua eficácia e mecanismos. A fototermia é a técnica baseada no aumento da temperatura de uma determinada região utilizando luz para tratamento de, entre outras doenças, as neoplasias. O aumento do efeito térmico localizado pode ser obtido com a introdução de nanopartículas na região tumoral. As pesquisas com nanopartículas para aplicação nas terapias térmicas e a conjugação com outras terapias, como é o caso da terapia fotodinâmica, estão entre as principais áreas de estudo nos próximos anos no que envolve a nanotecnologia. O objetivo principal desse projeto é, então, entender o efeito sinérgico da combinação dessas duas terapias que utilizam luz como elemento fundamental. Os experimentos envolvem a síntese e caracterização de duas classes de nanopartículas, com efetiva produção de calor quando irradiadas com uma fonte de luz e a adição de um fotossensibilizador nessas moléculas. Com a produção dessas nanopartículas, serão realizados estudos in vitro, in vivo e in ovo para ampliar o entendimento dos mecanismos de ação da produção de calor em tecido normal e tumoral e analisadas as eficácias das terapias fotodinâmica e fototérmica, individualmente. Entendendo seus efeitos individualizados, esse projeto propõe uma nova modalidade terapêutica utilizando a conjugação de ambas para o tratamento do Câncer. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.