Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise óptica e histológica da ação da terapia fotodinâmica em mucosa sadia, língua e doença periodontal induzida em ratos

Processo: 08/50371-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de maio de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica
Pesquisador responsável:Vanderlei Salvador Bagnato
Beneficiário:Carla Raquel Fontana
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14270-8 - Centro de Ciências Ópticas e Fotônica, AP.CEPID
Assunto(s):Doenças periodontais   Terapia fotodinâmica   Biofilmes   Fluorescência

Resumo

Dentre as mais recentes inovações tecnológicas nas áreas da saúde, as técnicas ópticas e as fontes de luz LED recebem um destaque especial. A detecção por fluorescência tem sido mundialmente utilizada na caracterização de tecidos biológicos bem como técnica de diagnóstico. A possibilidade de detectar, através da luz emitida, as condições bioquímicas e estruturais das células sem a remoção de partes do tecido é extremamente atrativa. Já para a realização da terapia fotodinâmica, recentemente as fontes de luz LED vêm sendo testadas, pois comparadas aos lasers, possuem um baixo custo e simples tecnologia que permitem uma maior flexibilidade na confecção de diferentes formas geométricas que se adaptam mais facilmente a anatomia do alvo a ser irradiado. O objetivo deste trabalho será investigar através do diagnóstico por fluorescência e análises histológicas, o efeito fotodinâmica de fotos sensibilizadores (fenotiazinas, porfirinas e clorinas) e fontes de luz LED azul, verde e vermelha em mucosa sadia, língua e em bolsas periodontais induzidas em ratos. A partir destes dados, desenvolverem um modelo matemático que permita comparar a eficiência dos fotos sensibilizadores e fluências utilizadas. Posteriormente, de acordo com os melhores resultados obtidos em animal, avaliar clinicamente e microbiologicamente a ação da terapia em pacientes com doença periodontal crônica. Este trabalho está inserido no projeto ÓPTICA NAS CIÊNCIAS DA VIDA CEPOF (CENTRO DE PESQUISA EM ÓPTICA E FOTÔNICA) - CEPID criado com o apoio da FAPESP em 2000. (AU)