Busca avançada
Ano de início
Entree
X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.
Refine sua pesquisa
Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Publicações acadêmicas
  • Auxílios à Pesquisa
  • Programas voltados a Temas Específicos
  • Programas de Pesquisa direcionados a Aplicações
  • Programas de Infraestrutura de Pesquisa
  • Área do conhecimento
  • Situação
  • Ano de início
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
93.891 resultado(s)
|
Resumo

13/08 e 14/08 (segunda e terça feira)9h-17h: 1º Escola de Comportamento Motor: Andrew M. Williams-University of Utah; Audrey L.H. van der Meer-University of Science & Technology; Bennett Bertenthal-Indiana University; Joan N. Vickers-University of Calgary; John van der Kamp-VU University Amsterdam; Shirley Rietdyk-Purdue University15/08 (quarta-feira)9h-17h:Minicursos18h-19h30:Palestra de abertura-Identifying the role of the task, the environment, and the individual in shaping locomotor behavior: Shirley Rietdyk-Purdue University16/08 (quinta-feira)8h30-10h30:Temas livres 10h30-11h30:Palestra-Infants' differential understanding of human and mechanical actions: Bennett Bertenthal-Indiana University12h30-14h:Pôsteres 14h-15h45:Simpósios16h15-17h45:Mesas redondas: 1)Visual control of action: Joan N. Vickers-University of Calgary; Edgard Morya-IIN-ELS; 2)Use of virtual reality in the atypical development: Carlos B. M. Monteiro-USP; Nelci A. C. F. Rocha-UFSCAR17/08 (sexta-feira) 8h30-10h30:Temas livres 10h30-11h30:Palestra jovem pesquisador 12h30-14h:Pôsteres 14h-15h45:Simpósios16h15-17h45:Mesas Redondas: 1)Attentional focus, learning and human performance: John van der Kamp-VU University Amsterdam; Umberto C. Côrrea-USP; 2)Cortical activity and motor control: Teodiano F. B. Filho-UFES; Alexandre H. Okano-UFRN17h45-18h45: SOCIBRACOM18/08 (sábado)8h30-10h30:Temas livres 10h30-11h30:Is variability good to human movement?: Herbert Ugrinowitsch-UFMG; Felipe P. Carpes-UNIPAMPA12h30-14h:Pôsteres 14h-15h:Sessão de Perguntas e Respostas aos Palestrantes15h-16h30:Mesas redondas: 1)Motor learning in older people: Luis A. Teixeira-USP; Camila Torriani-Pasin-USP; 2)Development of perception and action: Audrey L.H. van der Meer-University of Science & Technology; Ana M. F. Barela-Unicsul17h-18h: Cerimônia de encerramento e premiações- Palestra:Perceptual-cognitive skills and human movement- Andrew M. Williams-University of Utah (AU)

Resumo

O Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA), órgão integrante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), de caráter normativo, consultivo, deliberativo e recursal, é constituído por representantes de Ministérios (Saúde, Educação, Meio Ambiente, Agricultura e MCTIC), da comunidade científica (SBPC, SBCAL e FESBE), agência de fomento, representantes de Indústria Farmacêutica e de Sociedades Protetoras dos Animais legalmente estabelecidas. Entre suas atribuições, delibera sobre o uso de animais em atividades científicas e didáticas em território nacional. Em 2015 foi assinado um acordo entre o Governo Brasileiro, representado pelo MCTIC, e o Governo do Reino Unido (Grã Bretanha e Irlanda do Norte) para fortalecer e desenvolver a cooperação em pesquisa científica e desenvolvimento de métodos alternativos para substituir, refinar e reduzir a experimentação animal, seguindo o conceito conhecido como Princípio dos 3Rs. O presente projeto destina-se à organização do Simpósio Internacional sobre Ética Animal em Pesquisa e Ensino" (São Paulo, 4 e 5 de setembro de 2017), a ser conduzido sob as normas do acordo supracitado. Pretende-se com este simpósio promover o intercâmbio de material científico entre os dois países, bem como desenvolver redes e parcerias e pesquisas colaborativas. Esta gestão atual do CONCEA vislumbra disseminar o conceito de que deve haver harmonia nas abordagens e respeito as diretrizes vigentes para o uso de animais em pesquisas científicas e testes, além de incentivar o desenvolvimento e a aplicação de métodos alternativos à utilização de animais em salas de aula. Ainda, objetiva-se fortalecer que o conceito de bem-estar animal deve estar sobre a premissa científica e didática. (AU)

Resumo

Stochastic partial differential equations, Stochastic numerial methods, Stochastic dynamics systems. (AU)

Resumo

Esta proposta tem como objetivo ampliar a cooperação científica entre o professor visitante Udayan Darji (University of Louisville) e o professor Benito Pires (USP-Ribeirão Preto), através de uma visita de longa duração (12 meses) do primeiro pesquisador. Colaboração científica prévia e bem-sucedida entre os dois pesquisadores envolvidos (que resultou em um trabalho submetido e outro em andamento) dá um indicativo positivo sobre o potencial desta proposta. O objetivo da pesquisa é caracterizar a dinâmica topológica de operadores lineares contínuos (operadores de composição atuando em espaços $L^p$), provendo condições necessárias e suficientes para o operador ser Li-Yorke caótico, Devaney caótico ou frequentemente hipercíclico. Caos linear é um tópico de pesquisa que situa-se na confluência de várias áreas da matemática, favorecendo a colaboração científica entre pesquisadores com diferentes expertises: Análise (Udayan Darji) e Teoria Ergódica dos Sistemas Dinâmicos (Benito Pires). O visitante é professor titular da Universidade de Louisville e autor de 56 artigos científicos, distribuídos em revistas bastante seletivas tais como Advances in Mathematics, Transactions of the American Mathematical Society, Proceedings of the American Mathematical Society e Fundamenta Mathematicae. Além das atividades descritas anteriormente, o pesquisador visitante irá interagir com os professores Ali Messaoudi (UNESP), Pedro Levit Kaufmann (UNIFESP), ministrar palestras nas universidades USP-Ribeirão Preto, USP-São Paulo, USP-São Carlos, IBILCE-UNESP, UFSCar e UNIFESP, e oferecer um minicurso sobre Teoria Geométrica da Medida para alunos e professores da USP-Ribeirão Preto. (AU)

Resumo

A pesquisa proposta abordará o papel do acoplamento entre a superfície terrestre e a camada limite atmosférica na regiao Amazonica brasileira. Uma melhor compreensão da dinâmica do acoplamento biosfera-atmosfera é essencial para avaliar a estabilidade dos regimes hidrológicos, como a seca. A Amazonia brasileira caracteriza-se por uma região com fortes mecanismos de retro-alimentacao entre umidade do solo e precipitacao, onde os regimes seco e úmido podem atuar como atratores não-lineares. Utilizando uma nova abordagem de sistemas dinâmicos não-lineares baseados em expoentes de Lyapunov, o objetivo desde projeto é estudar a força do acoplamento entre a solo-vegetacao-atmosfera na regiao. Nossa técnica permitirá quantificar quais variáveis e parâmetros estão mais intimamente conectados à estabilidade dos atratores através de uma análise do impacto da incerteza nestes campos. Usaremos o modelo de superfície terrestre NOAH-MP e torres fluxos do programa LBA na Amazonia para verificação da precisão e sensibilidade do modelo. Vamos combinar o modelo com dados de umidade de microondas no solo do SMAP e perfis atmosféricos de umidade e temperatura do sensor MODIS (MOD07_L2 e MYD07_L2), em conjunto com dados de satélite auxiliares, como a temperatura da superfície terrestre, condição da vegetação, e mudança da cobertura do terra. Além disso, realizaremos cenários de mudanças climáticas para avaliar como o acoplamento e a persistência da seca provavelmente mudarão em condições climáticas futuras. Este projeto fornecerá informações essenciais sobre o uso de fontes de dados por satélite para determinar a evapotranspiração e o ciclo de carbono em areas de floresta tropical, mais especificamente a Amazonia. (AU)

Resumo

A natureza tem desenvolvido estruturas com propriedades e desempenho destacáveis, como materiais leves para voo, superfícies de baixa fricção, e fibras de alta resistência, que tem servido de inspiração para diversos avanços tecnológicos. Muitos destes sistemas baseiam-se em proteínas, macromoléculas com sequências de aminoácidos que se organizam hierarquicamente em estruturas complexas, cujo uso tem sido explorado em inovações na área da medicina, segurança, energia e sustentabilidade. Utilizando a biologia molecular para programar genes artificiais, é possível produzir proteínas biossintéticas com quase qualquer combinação dos 20 aminoácidos naturais e vários não naturais. Enquanto as técnicas usadas para construir materiais a partir de proteínas tem evoluído de forma constante, o entendimento da engenharia e física destes sistemas não está no mesmo nível de conhecimento. Como exemplo, as proteínas possuem estruturas hierárquicas que vão muito além do que se pode obter com polímeros sintéticos, podendo ser utilizadas para o desenvolvimento de novos materiais com diversas funcionalidades a medida que o entendimento e replicação destas estruturas for melhor compreendido. Os materiais proteicos também apresentam desafios fundamentais relacionados ao nível de expressão e o método de purificação das proteínas, o que tende a desacelerar o ciclo de inovações em sistemas proteicos. Considerando o rápido desenvolvimento de tecnologias de alto rendimento e evolução da biologia sintética, há uma grande oportunidade para enfrentar estes desafios e criar alternativas para intensificar este ciclo de inovação.Neste projeto, o Prof. Bradley D. Olsen, Professor Associado no Departamento de Engenharia Química do MIT, atuará como professor visitante na Faculdade de Engenharia Química da UNICAMP entre Agosto de 2018 e Junho de 2019, para auxiliar no desenvolvimento de novos materiais baseados em proteínas sintéticas a partir de diversas colaborações com instituições de ensino e pesquisa do estado de São Paulo. O projeto partirá de três objetivos: 1.Estudo dos princípios básicos de expressão proteica, visando acelerar a descoberta de novos materiais a partir do desenvolvimento de estratégias que permitam prever se uma determinada proteína será sintetizada com sucesso;2.Análise técnico-econômica de bioprocessos para produção de materiais proteicos de interesse industrial, visando melhorar a compreensão de mercados potenciais e a indicação de tópicos de pesquisa com potencial para mudar o custo de produção de materiais baseados em proteínas;3.Uso de proteínas recombinantes, produzidas através de biologia sintética, para a produção de recobrimentos nanoestruturados produzidos pela técnica layer-by-layer, combinando a funcionalidade biológica das proteínas com este método de revestimento flexível e ajustável, para o desenvolvimento de aplicações de interesse clínico.O Prof. Olsen é um dos jovens pesquisadores pioneiros nas áreas de ciência de polímeros e materiais baseados em proteínas, tendo publicado mais que 100 artigos em jornais de alto impacto, desenvolvido dez patentes premiadas e orientado mais de 40 estudantes de pós-graduação em menos de oito anos como professor. Nos últimos anos, o Prof. Olsen tem realizado inúmeras colaborações com pesquisadores brasileiros, bem como visitas técnicas e cursos de curta duração em instituições brasileiras, além da organização do 1° Congresso Pan-americano de Polímeros, o que evidencia seu profundo interesse em colaborar com a comunidade acadêmica brasileira. Sua experiência na área de engenharia de proteínas, associada ao seu interesse em intensificar suas colaborações no Brasil, proporcionam um cenário muito favorável para que a execução deste projeto colabore para o avanço das fronteiras do conhecimento na área ciência de engenharia de materiais, gerando resultados promissores do ponto de vista científico e tecnológico. (AU)

93.891 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s)
Marcar todos desta pagina | Limpar seleção