Busca avançada

X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
  • Bolsas
  • Programas voltados a Temas Específicos
  • Programas de Pesquisa direcionados a Aplicações
  • Programas de Infraestrutura de Pesquisa
  • Área do conhecimento
  • Situação
  • Ano de início
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
9.957 resultado(s)
|
Resumo

O conhecimento sobre mecanismos de reações fornece a base para o desenvolvimento de processos químicos mais sustentáveis, sendo de suma importância para melhorar os rendimentos dos produtos desejados e reduzir a produção de resíduos e o consumo de energia. Na última década, a espectrometria de massa por ionização por eletrospray (ESI-EM) e a sua versão sequencial (ESI-EM/EM) têm emergido como poderosas ferramentas para a investigação dos mecanismos de várias reações químicas. Estas técnicas têm permitido a análise de intermediários com tempos de vida muito curtos, o que seria impossível de alcançar por outras técnicas (por exemplo, NMR, IR e UV/visível). O uso de etiquetas carregadas ou carregáveis em reagentes e/ou catalisadores, bem como os avanços no campo da espectrometria de massas (por exemplo, o desenvolvimento da fonte V-EASI e da infusão da amostra pressurizada (PSI)) têm permitido o monitoramento on-line e em tempo real de reagentes, produtos e até mesmo espécies com tempo de vida na escala de milissegundos - essas etiquetas e as técnicas tornam possível a transferência direta das espécies químicas do meio reacional para a fase gasosa. Apesar do considerável número de artigos que relatam a utilização de ESI-EM/EM para detectar e caracterizar intermediários de reações orgânicas catalisadas por organometálicos, esta técnica tem sido pouco explorados para estudar os mecanismos de reações multicomponentes catalisadas por metais de transição (RMC). Este projeto propõe o estudo mecanístico de uma RMC mediada por cobalto. Recentemente, foi demonstrado que esta RMC constitui um método rápido e eficaz para a síntese de 3-metoxicarbonil-gama-lactonas 2,3-di- e 2,2,3-tri-substituídas a partir de itaconato de dimetilo, um aldeído aromático e um haleto aromático. O estudo mecanístico proposto combinará dados de ESI-EM/EM em tempo real com os dados obtidos por técnicas espectroscópicas, tais como RMN, IV, e UV/VIS. Dependendo do andamento do projeto, outras RMC catalisadas por metais de transição poderão também ser investigadas. (AU)

Resumo

A prevalência de obesidade continua cada vez mais alarmante no Brasil e no mundo. A terapia mais amplamente recomendada para a obesidade é a modificação do estilo de vida, no entanto, a implementação dessas mudanças que podem levar a uma perda de peso é difícil e a manutenção da perda de peso a longo prazo é ainda mais desafiadora. Um crescente corpo de trabalho no campo da obesidade e de integração baseadas no cérebro indicam um potencial para projetar novas intervenções terapêuticas. A estimulação transcraniana por corrente contínua é uma técnica bem estudada para a modulação não invasiva da atividade cerebral, e vem demostrando, por meio de estudos recentes, contribuir para reduzir o desejo de alimentos e a ingestão alimentar e, mais recentemente, o peso corporal. Esta técnica melhora os processos cognitivos, que são a chave para a auto-regulação do comportamento alimentar, tais como o controle inibitório. Desta forma, o presente estudo prova-de-conceito, randomizado, duplo-cego, controlado, tem como finalidade avaliar os efeitos da estimulação transcraniana por corrente contínua, isoladamente e em combinação com uma dieta hipocalórica, no peso corporal com o objetivo de auxiliar a perda de peso e evitar a recuperação de peso ao longo do tempo. Esta proposta inovadora de pesquisa clínica exploratória utiliza uma intervenção biomédica que poderia transformar o paradigma para a perda de peso e manutenção da perda de peso, oferecendo uma nova forma de tratar a obesidade. Os resultados deste estudo levarão a estudos maiores a longo prazo para avaliar essa intervenção de neuromodulação não invasiva. (AU)

Resumo

O biofiltro em areia (BFA) tem sido utilizado, como tratamento doméstico de água de consumo, em comunidades isoladas ao redor do mundo em função de seu baixo custo, eficiência e simplicidade nas atividades de operação e manutenção. O desempenho do BFA na remoção de parâmetros físico-químicos e microbiológicos vem sendo estudado; contudo, ainda faltam pesquisas que, entre outros aspectos, caracterizem o escoamento na unidade (em função do método de operação) e vinculem sua relação com a formação da camada biológica (schmutzdecke). Igualmente, que avaliem a eficiência do BFA na remoção de contaminantes emergentes como o Bisfenol A e, também, a possibilidade de acelerar o amadurecimento pela introdução de nutrientes. Neste contexto, o presente projeto de pesquisa, a ser realizado entre abril de 2018 e março de 2019, tem como objetivos: i) caracterizar o escoamento do biofiltro quando operando em fluxo contínuo e em fluxo intermitente; ii) avaliar o período de amadurecimento e a formação da camada biológica (schmutzdecke) conforme o método de operação; iii) ponderar a possibilidade de acelerar o amadurecimento pela introdução de nutrientes; e iv) avaliar o desempenho da unidade, conforme o método de operação, na remoção de Bisfenol A. Para desenvolver o estudo dois BFAs existentes no Laboratório do Department of Civil, Environmental & Geomatic Engineering da University College London - UCL serão utilizados. A supervisora da pesquisa será a Profa. Luiza Cintra Campos, especialista mundial em filtração lenta, a qual criou uma metodologia inédita que permite quantificar a biomassa desses filtros. A adaptação e a transferência dessa metodologia descrita, em parte, em Campos et al (2002), no contexto dos BFAs, serão essenciais para ponderar a eficiência das unidades no âmbito latino-americano; assim, a realização da pesquisa na UCL se torna imprescindível. Destaca-se que a UCL ocupou, em 2016, o sétimo lugar entre as melhores universidades do mundo, segundo QS World University Rankings. A bolsa de pesquisa no exterior (BPE) solicitada por 12 meses permitirá que a candidata adquira e desenvolva novos conhecimentos, estreite relações internacionais de pesquisa e consolide os resultados do auxílio-pesquisa FAPESP intitulado "biofiltros em areia operados em fluxo contínuo e em fluxo intermitente: desafios na construção, operação e manutenção - Processo: 2014/12712-8", sob sua coordenação. Caso o auxílio seja aprovado, a candidata utilizará os resultados de seu estágio no exterior (região de clima temperado) junto com os obtidos no Brasil (região de clima tropical) para elaborar sua tese inédita requerida, como parte dos requisitos, para obter o título de livre-docente perante a Universidade de São Paulo. Além disso, publicará diversos artigos científicos em revistas internacionais indexadas. Deste modo, a BPE permitirá desenvolver e ampliar conhecimentos relacionados aos BFAs visando apoiar sua transferência em comunidades isoladas do país e do mundo. (AU)

Resumo

Introdução: A lesão mamilar é uma barreira antiga para a continuidade da amamentação, considerada como uma das principais causas do desmame precoce. O laser de baixa intensidade pode ser considerado um coadjuvante no tratamento destas lesões, pois oferece efeito analgesia, anti-inflamatório e estimula a reparação tecidual. Objetivo: Desenvolver um protocolo de RCT com base nos estudos atuais de diferentes dosimetrias do laser de baixa intensidade no manejo da dor mamilar de mulheres com lesão mamilar durante a amamentação. Material e Método: Desenvolvimento de um protocolo de RCT no qual será definida a dose Standart para grupo controle e outras doses para grupos de tratamento a que se deseja testar novas dose, a partir dos estudos existentes na literatura e resultados das investigações realizadas por nosso grupo até o momento. Será definida a posologia que será aplicado o laser, os parâmetros de avaliação da dor e lesão mamilar e as variáveis para a inclusão no protocolo (paridade, característica da pele e tipo de mamilo), para homogeneizar a amostra na comparação dos grupos. O estudo será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa e cadastrado na Autralian New Zealand Clinical Trials Registry. O protocolo desenvolvido será aplicado em estudo no Brasil, após o término do pós-doutorado, em duas maternidades de São Paulo. Análise dos resultados: O protocolo seguirá as diretrizes do Consort 2010 para ensaios clínicos randomizados. Resultados esperados: O resultado do protocolo contribuirá para a definição da melhor fluência do laser de baixa potência nos mamilos durante a fase da amamentação, considerado atualmente como uma terapia coadjuvante promissora no manejo das lesões mamilares. (AU)

Resumo

Técnicas baseadas em Engenharia Tecidual e na capacidade regenerativa do intestino, representam uma grande oportunidade como potenciais terapias alternativas para a Síndrome do Intestino Curto (SIC). O desenvolvimento de unidades organóides isoladas e capazes de produzir todas as linhagens celulares epiteliais representou um passo importante, sendo que uma promessa ainda maior reside no uso de células-tronco para gerar um intestino delgado a partir de Engenharia Tecidual (TESI, do inglês Tissue-Engineered Small Intestine). Técnicas recentes utilizam arcabouços artificiais tridimensionais e biodegradáveis, sobre os quais as unidades organóides podem se desenvolver, criando um cenário bastante promissor no que diz respeito ao tratamento da SIC. Contudo, as unidades organóides em crescimento, são dependentes de uma grande quantidade de energia, nutrientes e fatores de crescimento para serem funcionais. Portanto, formas de otimizar este processo fazem-se necessárias para o sucesso nesse tipo de tratamento, e a proteína R-Espondina1 recombinante humana (rhRSPO1), dado o seu potencial proliferativo em células tronco intestinais, juntamente com outros fatores peptídicos, como os rhVEGFs, pode ser uma peça chave. As proteínas RSPO compõem uma família de proteínas secretadas conhecidas por seus papeis importantes na proliferação, diferenciação e morte celular, induzindo a via de Wnt. Atualmente, sabe-se que a via de WNT/²-catenina é importante para manter o epitélio intestinal, regulando o processo de auto-renovação, que ocorre no eixo vilosidade-cripta, através dos ligantes canônicos de WNT, que funcionam como mitógenos de células progenitoras da cripta. Dentre as RSPOs, a RSPO1 tem esta capacidade mitogênica no epitélio intestinal, com efeitos desprezíveis na maturação e migração de células diferenciadas ao longo do eixo vilosidade-cripta. Por este motivo, a RSPO1, destaca-se das demais no que diz respeito ao seu potencial uso terapêutico na área de Medicina Regenerativa para regeneração de intestino. Este potencial vem sendo confirmado por diversos estudos que tem evidenciado o uso de RSPO1 em modelos animais em casos de mucosite intestinal induzida por quimioterápicos e Doenças Inflamatórias Intestinais. Além disso, Lgr4, um dos receptores da família Lgr ao qual RSPO1 liga-se, é coexpresso com RSPO1 em células-tronco, sendo detectável em todas as outras células progenitoras, confirmando a hipótese de que RSPO1 seria capaz de induzir a proliferação nestas células. Outros estudos demonstraram, ainda, que as células-tronco intestinais Lgr5+ isoladas podem ser mantidas in vitro e induzidas à propagar organóides continuamente. Dessa forma, futuras tentativas de reconstituir o tecido epitelial danificado por doenças ao longo do trato gastrointestinal provavelmente vão explorar a expansão ex-vivo dos epitélios de interesse, mediada por RSPOs. Portanto, o trabalho aqui proposto tem, por objetivo, dar continuidade à colaboração previamente estabelecida com o grupo da Prof. Tracy C. Grikscheit, da University of Southern California em Los Angeles e do Saban Research Institute do Children's Hospital Los Angeles, Califórnia, EUA, pelo ex-aluno de Doutorado (Gustavo G. Belchior), que iniciou a análise da atividade biológica das isoformas de rhVEGF sobre a cultura de unidades organóides murinas, visando à formação do TESI. No presente trabalho, será testada a atividade biológica da rhRSPO1, que foi produzida a partir de clones celulares HEK293 e CHO-DG44 superprodutores e purificada em nosso laboratório, sobre a cultura de unidades organóides murinas e a formação do TESI, individualmente ou combinada aos VEGFs. A proteína rhRSPO1 já está sendo produzida em nosso laboratório nos dois sistemas celulares (HEK293 e CHO-DG44), com atividade biológica in vitro demonstrada e purificação em andamento. A otimização do processo de purificação da rhRSPO1, que está em curso, deve levar à uma rhRSPO1 altamente purificada para ser utilizada neste projeto. (AU)

Resumo

Este projeto se inscreve em uma pesquisa de doutorado sobre a atitude do liberalismo político francês diante do problema da soberania do povo, no período entre a queda de Robespierre (1794) e a Revolução de 1848. A etapa da pesquisa em questão se concentrará no período da Restauração e da Monarquia de Julho (1814 - 1848). Após ter estudado uma primeira resposta do liberalismo político francês ao problema da soberania do povo - a formulada por autores como Benjamin Constant e Madame de Staël, preocupados com a limitação da soberania popular necessária para a proteção dos direitos individuais -, estudaremos um momento em que a reação liberal ao princípio da soberania do povo se radicaliza. Essa etapa da pesquisa se concentrará, por um lado, no pensamento político dos doutrinários, particularmente François Guizot, sendo guiada pela hipótese de que esse grupo político tem a intenção explícita de formular uma segunda resposta liberal ao problema da soberania do povo, distinta da fornecida por Constant e Madame de Staël. Para eles, não seria mais suficiente limitar a soberania do povo, sendo necessário refutar esse princípio e substituí-lo por um princípio concorrente, o da soberania da razão. Por outro lado, essa etapa da pesquisa se interessará também pelos discursos dos liberais que, durante a Monarquia de Julho, opuseram-se ao governo dos doutrinários, retomando o princípio da soberania do povo de modo reformulado. A hipótese é que esses liberais (principalmente Alexis de Tocqueville, a figura mais proeminente desse movimento) apresentam uma terceira resposta liberal ao problema da soberania do povo. (AU)

Resumo

Paraphasma Redtenbacher, 1906 é um gênero neotropical de bichos-paus, incluindo atualmente dez espécies das quais oito são registradas no Brasil. Assim como a maioria dos gêneros brasileiros de bichos-paus, Paraphasma é pobremente definido e apresenta uma situação taxonômica confusa. No meu projeto de doutorado, estou trabalhando em uma revisão taxonômica e análise filogenética deste gênero.Tipos da maioria das espécies de Paraphasma então depositados em três instituições europeias: o Naturhistorisches Museum Wien (NHMW) (que abriga material-tipo de metade das espécies do gênero) o British Museum of Natural History (BMNH), e o Oxford University Museum of Natural History (OUMNH). Neste projeto eu proponho um estágio nestas instituições para estudar exemplares-tipo de Paraphasma, e de outras espécies importantes para a revisão taxonômica, planejando trabalhar durante quatro semanas no NHMW (instituição hospedeira) e uma semana em cada um dos outros dois museus. Durante o estágio, eu pretendo confirmar a identidade de espécies, estabelecer possíveis novas sinonímias e novas combinações em Paraphasma, e redescrever espécies para as quais não há material disponível em coleções brasileiras. Além disso, também será possível examinar material-tipo de espécies de outros gêneros na tribo Stratocleini, que serão incluídas como grupo-externo na análise filogenética. (AU)

Resumo

Este projeto tem por objetivo pleitear uma bolsa de pesquisa no exterior no Queen Mary - Universidade de Londres, de setembro de 2017 a julho de 2018, sob a orientação de Galin Tihanov, um dos principais eslavistas da atualidade e referência nos estudos bakhtinianos. O objetivo é definir um quadro teórico consistente em torno do problema do tempo e do modo como ele estrutura a dramaturgia de Anton Pavlovitch Tchékhov (1860-1904). Parte-se de uma constatação inicial de que Tchékhov adotava a forma do drama tradicional, o qual dependia de conflitos apresentados no presente, com ação dramática e diálogos claros. No entanto, suas personagens sempre fogem deste mesmo presente e apenas o suportam. Bakhtin colocaria tais transformações dentro do processo de romantização da forma dramática a que estavam submetidos boa parte dos dramas de fins do XIX, já que o romance estaria mais aberto às temporalidades do sonho, da história e da subjetividade em crise. Assim, a mudança na relação ao tempo (sendo ele princípio primeiro do cronotopo bakhtiniano) expressaria também uma nova concepção de homem e da sociedade. Jean-Pierre Sarrazac veria o impulso que engendra tal mudança formal como uma crise da própria experiência doméstica de fins de XIX, pois o lar gradualmente deixava de ser integral e formativo e assumia caráter cada vez mais problemático. O microcosmo, aqui, se tornaria a conflagração em pequena escala do macrocosmo social e do espírito de tempo. A hipótese é de que este deslocamento e distanciamento das personagens em relação ao seu presente, e, por extensão, ao presente do drama, é o que agencia os mecanismos de atualização da própria obra no tempo, tornando as peças de Tchékhov potentes leitoras da contemporaneidade. Para consolidar tal hipótese, faremos o estudo cerrado de duas peças - A Gaivota e As Três Irmãs - e confrontaremos tal problemática com as soluções dadas a elas no palco por diferentes encenações. (AU)

Resumo

Hoje em dia, a cirurgia bariátrica é considerada um dos principais tratamentos para a obesidade, uma vez que o tratamento medicamentoso associado com mudanças de estilo de vida é ineficaz para promover uma redução significativa do peso corporal. Reduzir o peso corporal (através de cirurgia bariátrica ou não) e o treinamento físico são importantes opções de tratamento para o manejo clínico da obesidade. A idéia de que o ambiente vascular pode ser um importante fator contribuinte à ação de resistência à insulina no músculo esquelético surgiu a partir de estudos com os índios obesos Pima, onde foi demonstrado que a resistência à insulina foi inversamente associada com a densidade capilar no músculo esquelético desta população. De fato, a redução da densidade capilar no músculo esquelético (conhecida como rarefação microvascular) em pacientes obesos está associada à diminuição da sensibilidade à ação da insulina no mesmo território e parece ser diretamente proporcional ao aumento da adiposidade.A discussão permanece sobre seus respectivos efeitos sobre a resistência à insulina e rarefação capilar sobre o músculo esquelético. No tópico de cirurgia bariátrica, estudos recentes mostraram uma discreta melhora na sensibilidade à insulina no músculo esquelético em pacientes obesos não diabéticos, apesar de uma pronunciada redução no peso corporal nesses pacientes.Até o momento, nenhum estudo avaliou a relação entre resistência à insulina e rarefação microvascular no músculo esquelético de pacientes obesos submetidos a cirurgia bariátrica. O exercício físico mostrou resultados encorajadores em relação ao aumento da capilarização no músculo esquelético em indivíduos eutróficos e pacientes com resistência à insulina. Entretanto, não há evidências sobre o papel do treinamento físico na melhora da resistência à insulina em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica, bem como a relação com a rarefacção microvascular no músculo esquelético dessa população. Portanto, a compreensão das respostas fisiológicas, moleculares e clínicas ao treinamento físico em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica pode ser considerada de vital importância para o desenvolvimento de estratégias terapêuticas (drogas ou exercícios) dedicadas ao tratamento da resistência à insulina presente nesta doença. (AU)

Resumo

Motores de ignição a centelha com injeção direta (direct injection spark ignition, DISI) tem o potencial de reduzir o consumo específico de combustível e, desta forma, mitigar as emissões de motores de combustão interna de última geração. Assim, o propósito deste projeto é continuar o trabalho desenvolvido durante o projeto de doutorado FAPESP No. 2015/10299-9, no qual, como reportado anteriormente, uma variedade de simulações do spray de gasolina evaporativo "Spray G", proposto pela rede de combustão em motores (Engine Combustion Network, ECN), foi realizada e validada, ao mesmo tempo em que novas simulações de spray e motores estão agendadas. Como próximo passo, os autores pretendem adicionar os modelos de spray previamente estudados no código desenvolvido durante o mestrado do bolsista, durante sua estadia na Universidade de Duisburg-Essen, em Duisburg, Alemanha. Esse código, projetado para simular motores a gasolina convencionais, é baseado na biblioteca OpenFOAM e foi capaz de estimar com sucesso as condições do escoamento e da combustão do motor de Duisburg (JANAS et al., 2015). Dessa maneira, com a adição dos módulos Lagrangeanos, os autores visam realizar simulações de grandes escalas 3D de alta qualidade do escoamento e de todos os fenômenos físicos adjacentes do interior de um motor a gasolina com injeção direta, como a formação da mistura e combustão. No entanto, como os recursos computacionais e laboratoriais atuais da FEG/UNESP são limitados, o bolsista, com o aval dos orientadores local e estrangeiro, está pedindo uma bolsa de estágio em pesquisa no exterior (BEPE) para realizar as tarefas mencionadas durante o período de 1 ano no Laboratório de Escoamentos Multifásicos da Universidade de Massachusetts, em Amherst, MA, EUA. A escolha deste grupo se deve à vasta experiência do Prof. Schmidt na área de simulação de escoamentos multifásicos e aos excelentes recursos de seu laboratório. (AU)

9.957 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s)
Marcar todos desta pagina | Limpar seleção