Busca avançada
Ano de início
Entree
X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.
Refine sua pesquisa
Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
  • Bolsas
  • Programas voltados a Temas Específicos
  • Programas de Pesquisa direcionados a Aplicações
  • Programas de Infraestrutura de Pesquisa
  • Área do conhecimento
  • Situação
  • Ano de início
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
10.505 resultado(s)
|
Resumo

Risers são estruturas cilíndricas delgadas que transportam petróleo e gás do fundo do mar para a unidade flutuante, e seu comportamento dinâmico é a principal motivação tecnológica deste plano de pesquisa.Um fenômeno de particular interesse na dinâmica dos risers é chamado vibração induzida pela emissão de vórtices (VIV), uma classe de problema de vibrações induzidas pelo escoamento, caracterizada por oscilações de amplitudes próximas a um diâmetro estrutural. Matematicamente, o fenômeno pode ser descrito por uma abordagem fenomenológica, acoplando osciladores estruturais a equações não lineares que descrevem a dinâmica do fluido.Este projeto de pesquisa centra-se na investigação analítico-numérica de um cilindro flexível vertical sujeito ao VIV. A metodologia envolve duas etapas principais. Na primeira, o método de Galerkin será aplicado às equações não lineares de movimento que descrevem a dinâmica do sistema hidro-elástico composto pelo cilindro e pelo fluido, dando origem a modelos de ordem reduzida (MORs). Ao contrário das equações no contínuo, os MORs consistem de um sistema de equações diferenciais ordinárias não lineares.Com os MORs, os modos normais não lineares (MNNs) serão obtidos usando a abordagem de variedades invariantes. Estudos numéricos e analíticos dos MNNs serão realizados. A pesquisa será realizada na unidade de Ancona da Università Politecnica delle Marche, Itália, com a colaboração do professor Stefano Lenci, um pesquisador especialista em dinâmica não linear. (AU)

Resumo

O projeto pretende analisar a transição da primeira para a segunda geração do sistema tecnológico do bioetanol. A cana-de-açúcar se apresenta como uma das biomassas com maior potencial energético para a produção de biocombustíveis. Contudo, para que possa desenvolver todo seu potencial, esse sistema tecnológico precisa se tornar mais sustentável e contornar uma série de obstáculos, como a competição por terra com culturas alimentares e a ameaça de desmatamento. As tecnologias de segunda geração são hoje uma importante promessa de superação desses obstáculos. A cultura da cana-de-açúcar apresenta, além disto, problemas de estagnação da sua produtividade, que são devidos ao esgotamento do potencial produtivo das tecnologias da primeira geração. Durante um longo período, foi sobre elas que o atual sistema tecnológico se apoiou para garantir o aumento de produtividade. Nesse aspecto, a transição para as chamadas tecnologias de segunda geração - entre as quais incluímos não apenas as da fase industrial, como a hidrólise enzimática, mas também as tecnologias que derivam da aplicação das modernas biotecnologias à fase agrícola, como a cana energia - se coloca como a grande promessa de aumento da produtividade de bioetanol por hectare. A abordagem teórica usada neste projeto é dos sistemas de inovação. Essa abordagem entende o processo de inovação como sendo o resultado das interações entre atores de diferente natureza institucional que buscam desenvolver e difundir inovações. A corrente que soube melhor explorar a aplicação do conceito de sistemas de inovação às novas fontes de energia é a dos sistemas de inovação tecnológico. Nosso objetivo, neste projeto, será de analisar a transição do sistema tecnológico do bioetanol da primeira geração para a segunda geração no período de 2008 a 2017, apoiando-nos no esquema analítico das funções desenvolvido pelos pesquisadores do Instituto Copernicus da Faculdade de Geociências da Universidade de Utrech. Iremos adaptar esse esquema analítico, que busca descrever a dinâmica da transição tecnológica das energias fósseis para as renováveis, ao caso específico da transição da primeira geração para a segunda geração do bioetanol brasileiro. Para realizar essa análise iremos desenvolver critérios e indicadores que permitirão estudar como cada uma dessas funções está operando no período escolhido para o estudo. (AU)

Resumo

O objetivo deste projeto é estudar o comportamento assintótico de soluções do problema u_t = A(t)u + f(t,u), t>t_0 u(t_0) = u_0. Especificamente, pretendemos obter resultados de semicontinuidades superior e inferior de atratores pullback para o problema acima, no caso em que o operador A(t) gera um semigrupo de crescimento \alpha, para algum \alpha>0, e a não linearidade f é suficientemente regular. (AU)

Resumo

A vísita científica à Universidade do Salento (Itália) programada durante a minha licença sabática, no período de 15 de agosto de 2018 até 15 de fevereiro de 2019 terá uma tríplice finalidade:1) ministrar uma série de aulas (15 aulas de duas horas) para alunos de graduação em Física da Universidade do Salento sobre "O deslocamento de Goos-Haenchen e a técnica de Medida fraca em Ótica" com o objetivo de divulgar a pesquisa em andamento no grupo de ótica brasileiro e atrair estudantes italianos para entrar no mestrado e/ou no doutorado em Matemática Aplicada e/ou Física da Unicamp;2) fortalecer a colaboração científica com o grupo experimental de Ótica da Universidade do Salento (Lecce, Itália), cujo responsável científico é o Prof. Maurizio Martino, sobre2.1) O comportameto oscilatório da luz no efeito de Goos-H\"anchen composto,2.2) A optimização da técnica de medida fraca na observação dos desvios angulares,2.3) A oscilação na potência de feixes laser gerada da fase de Goos-H\"anchen;3) organizar intercâmbios de alunos brasileiros e italianos interessados na pesquisa teórico/experimental em Ótica e dar continuidade à colaboração científica entre a Universidade do Salento e a Unicamp com projetos da Comunidade Europeia, do INFN italiano e através da preparação de um projeto temático Fapesp que já conta com o interesse de pesquisadores brasileiros da UFRJ, UFSCar, UFABC e Unicamp. (AU)

Resumo

A produção in vitro de embriões (PIVE) é uma biotécnica aplicada à reprodução amplamente utilizada para fins de melhoramento genético e incremento na produção animal, sendo o Brasil o maior produtor mundial. Embora utilizada comercialmente com sucesso, a PIVE apresenta ainda alguns fatores limitantes para redução de custos e maior disseminação relacionados com a menor qualidade dos embriões gerados e a consequente maior sensibilidade dos embriões de produção in vitro (PIV) à criopreservação. A menor criotolerância de embriões PIV, por sua vez, parece ser relacionada com o maior acúmulo de lipídios nestes em comparação com os produzidos in vivo. As razões para esse maior acúmulo ainda não foram esclarecidas, mas mostram relação com alterações no metabolismo lipídico ocasionadas pelas condições de cultivo in vitro (CIV) usuais com presença de soro fetal bovino (SFB) no meio de cultivo. Estudos recentes mostraram que o cultivo de embriões de PIV na presença de células epiteliais de oviduto bovino ou de vesículas extracelulares produzidas (extracellular vesicles, EVs) por essas células ou presentes no fluido de oviduto (FO), ou ainda com FO e fluido uterino (FU) associados em cultivo sequencial, leva à produção de embriões de melhor qualidade e maior criotolerância. Por outro lado, também foi observado que o SFB, utilizado nos sistemas de cultivo in vitro, quando depletado de suas EVs (SFBdep), também melhora a criotolerância embrionária, sugerindo que as EVs do SFB possam contribuir para a pior qualidade e criotolerância dos embriões PIV. No entanto, possíveis efeitos das EVs sobre o metabolismo lipídico e sua relação com qualidade dos embriões não foram determinadas. EVs são vesículas secretadas por diversas células e que contém produtos variados como proteínas e RNAs, dentre outras moléculas. As células que captam tais conteúdos podem ter sua expressão gênica e atividade metabólica afetada pelas mesmas e já foi observado que embriões são capazes de captar tais EVs. Assim sendo, o objetivo do presente projeto é de investigar o papel das EVs de FO e de FU (EVO e EVU) no metabolismo lipídico de embriões bovinos produzidos in vitro na sua presença durante o cultivo in vitro (CIV). Para tanto, no Experimento 1, embriões PIV serão mantidos em CIV por 7 dias nos grupos: 1) controle+ com SFB, 2) controle- com SFBdep, 3) com EVO de D1-4 seguido de EVU de D5-7 (EVO-EVU) ou 4) com EVO-EVU na presença de SFBdep (EVO-EVUdep). Ao final da CIV, os embriões produzidos serão analisados por microscopia de fluorescência confocal para quantificação do teor de lipídios por coloração com Nile Red e co-localização de PLIN2 (proteína indicadora de acúmulo lipídico) com as gotas lipídicas. No Experimento 2, será avaliado o efeito dos tratamento sobre o metabolismo lipídico pela avaliação dos níveis de HSL ativada (enzima de lipólise) e de FAS (enzima de lipogênese) por western blotting. No Experimento 3, embriões produzidos nos diferentes grupos serão avaliados por qPCR em relação à abundância de transcritos de genes relacionados ao controle do metabolismo lipídico. No Experimento 4, as EVs serão avaliadas por RNAseq em relação ao seu transcriptoma (RNAm) relacionado ao metabolismo lipídico, para identificar possíveis genes candidatos a influenciarem o metabolismo lipídico dos embriões. Alguns desses genes serão selecionados e avaliados nos embriões como forma de identificar sua possível captação. (AU)

Resumo

Os corantes estão presentes em todos os produtos coloridos, mas tem sido uma das classes químicas menos estudadas no ponto de vista toxicológico. Os corantes são classificados com base na sua estrutura molecular (por exemplo, azo, antraquinona, nitro) ou aplicação (por exemplo, têxteis, fármacos alimentares e cosméticos, fotografia, cabelo, lasers). Recentemente, uma grande biblioteca de corantes foi doada pela Eastman Chemical, contendo cerca de 98.000 frascos de corantes, para o College of Textiles da NCSU, denominada como Max Weaver Library. Um dos principais objetivos desta doação foi compartilhar a biblioteca com químicos em todo o mundo, pois oferece uma ótima oportunidade para usos como descoberta de drogas, novos sensibilizadores para células solares, colorantes para cabelo, cosméticos e têxteis. Para todas as aplicações, a caracterização de sua mutagenicidade e toxicidade aquática será necessária no processo de registro futuro. Com isso em mente, este projeto tem como objetivo desenvolver formas confiáveis de prever a mutagenicidade e ecotoxicidade desses corantes. A abordagem metodológica em etapas e inclui uma série de previsões computacionais e geração de dados empíricos para culminar em modelos de previsão confiáveis e precisos para mutagenicidade e ecotoxicidade dos corantes da Biblioteca Max Weaver. Nós acreditamos que eles serão muito úteis para facilitar as futuras aplicações desses compostos, incluindo o conhecimento para seu uso sustentável em todo o mundo. Esta abordagem também ajudará a reduzir o uso de animais de laboratório de acordo com o princípio 3R (Reposição, Redução e Refinamento). Além disso, este projeto proporcionará acesso a esta importante biblioteca, além de facilitar a colaboração do College of Textiles da NCSU e da Faculdade de Tecnologia da UNICAMP. (AU)

Resumo

O ensino de redação científica parece, há muito tempo, estar apenas no escopo das disciplinas de metodologia de pesquisa nas grades curriculares dos cursos de graduação. Contudo, na carreira acadêmica, o paradigma "Publique ou pereça" fez com que esse expediente didático se tornasse preocupação também de professores de línguas. Seja nas aulas de metodologia ou de línguas, o letramento acadêmico é um processo complexo que exige o desenvolvimento de competências e habilidades. No que diz respeito às habilidades linguísticas, é inegável que as imagens agreguem à comunicação valor ilustrativo, didático, criativo e persuasivo. No texto científico, por exemplo, o uso de gráficos e diagramas serve, muitas vezes, de domínio fonte para a compreensão de alvos abstratos. O verbal e o imagético são fortes aliados na produção e compreensão da significação. Todavia, a multimodalidade não se concretiza apenas na coexistência de linguagens distintas. Recursos linguísticos tais como metáforas, metonímias, analogias e narrativas são essencialmente multimodais. Com base no referencial teórico da Linguística Cognitiva e a partir de um corpus de artigos científicos, em português e em inglês, coletados de periódicos das três grandes áreas do conhecimento, pretende-se analisar um conjunto de construções multimodais, verificando como elas tornam os textos científicos mais claros e atraentes. A partir dos resultados da análise, será proposta uma aplicação didática para o uso sistemático da multimodalidade na escrita científica, visando ao desenvolvimento do letramento de pesquisadores e, consequentemente, contribuindo para a publicação de alto impacto. (AU)

Resumo

Defeitos ósseos secundários a trauma de alta energia geralmente resultam em períodos de imobilização prolongada, com restrição de descarga de peso no membro acometido por até seis meses. Há muitas investigações científicas utilizando animais de pequeno porte como modelo animal para estudo de condutas terapêuticas que visam tratar os defeitos ósseos. Embora esses modelos possam proporcionar informações preliminares quanto a possíveis tratamentos osteoindutivos, eles não simulam condições de descarga de peso parcial (desuso) após a fratura óssea. Exemplificando o exposto, roedores deambulam imediatamente após recuperação anestésica e realizam marcha normal entre o primeiro e terceiro dia após cirurgia de defeito ósseo. Desta forma, para alcançar o objetivo de testar novas estratégias para o tratamento de defeitos ósseos é necessário, primeiramente, desenvolver modelos de estudo que combinem adequadamente desuso e regeneração óssea. Para isso, foi estabelecida parceria com a NASA para utilizar o ambiente de microgravidade (¼G) da Nave Espacial para o desenvolvimento deste estudo, que permitirá investigar a regeneração óssea em camundongos submetidos a defeito ósseo e expostos a ¼G. Além dos animais sem tratamento, serão investigados também os efeitos da proteína morfogenética óssea (BMP-2) e da trombopoietina (TPO), um novo agente de regeneração óssea. Esse estudo será necessário para o entendimento dos mecanismos envolvidos na regeneração óssea em condições de desuso e também para determinar se a ausência ou redução de descarga de peso alteram a eficácia terapêutica da BMP-2 e da TPO. (AU)

Resumo

Os cenários da próxima geração de comunicações móveis (5G) serão dominados pelas chamadas comunicações do tipo máquina (MTC, do inglês machine-type communications) caracterizadas pela geração, troca e processamento de dados provenientes de máquinas totalmente inteligentes, sem ou com baixa intervenção humana. Para esse tipo de redes, é previsto o surgimento de dois novos modos de operação, comunicações ultra-confiáveis e de baixa latência (URLLC, do inglês Ultra-Reliable Low Latency Communications) e comunicações massivas máquina-a-máquina (MM2M, do inglês Massive Machine-to-Machine Communications). Nesses novos modos, é necessário que a comunicação suporte transmissões por pacotes curtos, os quais correspondem, de fato, ao tráfego gerado por MTC. No entanto, para a análise de sistemas de comunicação, tradicionalmente parte-se do pressuposto de que as transmissões na capacidade do canal de Shannon podem ser alcançadas através de técnicas de codificação, o que resulta em um modelo bastante preciso quando o comprimento das palavras-código é considerado tender ao infinito. No entanto, para explorar o novo modo URLLC, esta suposição não é mais acurada. Portanto, a análise da codificação de bloco finito em combinação com os efeitos de desvanecimento dos canais de comunicação sem fio, para estabelecer URLLC, é de crucial importância para o desenvolvimento de redes 5G. Nesse sentido, o presente projeto contribui na análise do desempenho de sistemas de comunicação sem fio que exploram o modo URLLC. Particularmente, será avaliada o uso de técnicas cooperativas baseadas em relays, as mesmas que além de fornecer ganhos significativos em termos da capacidade e cobertura, mostram-se mais eficientes no regime de comprimento de bloco finito. Especificamente, o presente projeto pretende analisar cenários com relays do tipo amplifica-e-encaminha com a existência de enlaces diretos, múltiplas antenas ou múltiplos relays. (AU)

Resumo

O desenvolvimento de compósitos sintéticos com composição, morfologia e textura local controladas é pouco explorado devido à falta de rotas de processamento. O MoS2 bidimensional (2D) é um excelente candidato para fazer parte de materiais complexos e é o dicalcogeneto lamelar de metal de transição mais estudado no mundo, devido às suas propriedades mecânicas superiores. Recentemente, compósitos 2D-MoS2/polímero foram desenvolvidos para obter nanocompósitos poliméricos com propriedades mecânicas aprimoradas. Os compostos que apresentam partículas inorgânicas interligadas por cadeias poliméricas são mais fortes e rígidos do que os compósitos sem este tipo de ligação. Propomos a organização do MoS2 aplicando um campo magnético externo e uma polimerização radicalar controlada do material orientado para obter uma rede de reforço contínua dispersa em uma matriz polimérica que poderia ser processada usando técnicas comumente aplicadas para processar compósitos descontínuos. Esses compósitos serão caracterizados para estudar suas estrutura e morfologia e seu comportamento mecânico será investigado por testes mecânicos de fratura e quase estáticos. (AU)

10.505 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s)
Marcar todos desta pagina | Limpar seleção