Busca avançada

X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Publicações acadêmicas
  • Auxílios à Pesquisa
  • Bolsas
  • Programas voltados a Temas Específicos
  • Programas de Pesquisa direcionados a Aplicações
  • Programas de Infraestrutura de Pesquisa
  • Área do conhecimento
  • Situação
  • Ano de início
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
1.686 resultado(s)
|
Resumo

As mudanças na estrutura da paisagem causadas por atividades humanas, como a expansão de áreas urbanas e agrícolas, comprometem a provisão sustentável de diversos serviços ecossistêmicos, como o estoque de carbono, a purificação da água e o controle de pragas. No entanto, o entendimento atual dos processos sócio-ecológicos que relacionam a estrutura da paisagem com a provisão de serviços ecossistêmicos é limitado, o que restringe nossa capacidade de assegurar a provisão desses serviços. Este projeto vai reunir uma equipe interdisciplinar de pesquisadores da Universidade de Queensland (UQ), Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Estadual Paulista (UNESP) para lidar com esse assunto. O projeto irá: i) desenvolver um novo modelo conceitual para entender os efeitos da estrutura da paisagem sobre os serviços ecossistêmicos; ii) aplicar e testar esse modelo com dados obtidos no Brasil (Fapesp 2013/23457-6) e na Austrália; e iii) avaliar as implicações destes resultados em termos de políticas públicas de conservação, em especial considerando os mecanismos de compensação ambiental. Foram planejadas duas missões (Outubro de 2017 na UQ; Fevereiro 2018 na USP/UNESP) quando serão estabelecidos grupos colaborativos de trabalho para atingir as três principais metas do projeto. Também será desenvolvida uma estratégia de colaboração de longo-prazo para criar um banco de dados internacional de serviços ecossistêmicos. Este projeto permitirá estreitar os vínculos de colaboração entre UQ, USP e UNESP, colocando estas instituições na vanguarda da pesquisa de serviços ecossistêmicos. (AU)

1.686 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s)
Marcar todos desta pagina | Limpar seleção