Advanced search
Start date
Betweenand

Comparative dialogues between Brazilian and UK healthcare professionals for the care of the older person

Grant number: 18/03463-5
Support type:Research Grants - Visiting Researcher Grant - International
Duration: April 01, 2019 - April 27, 2019
Field of knowledge:Health Sciences - Medicine
Cooperation agreement: CONFAP ; Newton Fund, with FAPESP as a partner institution in Brazil ; UK Academies
Principal Investigator:Alessandro Ferrari Jacinto
Grantee:Alessandro Ferrari Jacinto
Visiting researcher: Kathryn Hinsliff-Smith
Visiting researcher institution: University of Nottingham, University Park, England
Home Institution: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brazil

Abstract

O "Global Index Report" 2015) indica que o Reino Unido e o Brasil estão enfrentando um envelhecimento da população. (http://www.helpage.org/global-agewatch/). No Brasil, existem 24,4 milhões de pessoas com mais de 60 anos (11,7% da população) e no Reino Unido, 14,9 milhões (23% da população total), sendo que estes números deverão aumentar em 2030/2050. Semelhante ao Reino Unido, o Brasil apresenta um envelhecimento da população que resulta em pessoas mais velhas com comorbidades, o que aumenta as pressões sobre os atuais sistemas de saúde. Existe uma prevalência global de doenças cognitivas, como demência, com 46 milhões de pessoas vivendo acometidas em todo o mundo e estima-se que esse número aumente para 131,5 milhões até 2050. Além disso, estima-se que 94% das pessoas com demência em países de renda baixa e média são cuidados em seus domicílios. Estes são pontos que o sistema de saúde brasileiro geralmente oferece suporte limitado. As pessoas idosas que se tornam incapazes por multimorbidades e/ou fragilidade frequentemente se tornam dependentes de cuidados. O envelhecimento rápido da população e o aumento associado da demanda por saúde e assistência social são um fenômeno que países de alta e baixa renda enfrentam, portanto, este auxílio-mobilidade proposto é oportuno para facilitar essas discussões sobre os desafios que isso apresenta. A mobilidade permitirá que um pesquisador britânico colete informações e comece a entender e comparar as complexidades dentro do contexto brasileiro e está fortemente vinculado ao estudo OPAL, contemplado pelo FAPESP/British Council em 2017 (2017-RLWK8-10028) e LOTUS (Explorando as necessidades de pesquisa em torno de melhoria e garantia de qualidade em instituições de longa permanência de São Paulo), outro projeto de colaboração entre a Universidade de Nottingham e UNESP. (AU)

Distribution map of accesses to this page
Click here to view the access summary to this page.