Advanced search
Start date
Betweenand

São Paulo Metropolitan Area, jointly tracking climate change and air quality - METROCLIMA-MASP

Grant number: 16/18438-0
Support type:Research Program on Global Climate Change - Thematic Grants
Duration: February 01, 2019 - January 31, 2024
Field of knowledge:Physical Sciences and Mathematics - Geosciences - Meteorology
Principal Investigator:Maria de Fátima Andrade
Grantee:Maria de Fátima Andrade
Home Institution: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brazil
Co-Principal Investigators:Eduardo Landulfo ; Márcia Akemi Yamasoe ; Pérola de Castro Vasconcellos
Assoc. researchers:Adelaide Cassia Nardocci ; Beatriz Sayuri Oyama ; Charles Jones ; Daniel Waldvogel Thomé da Silva ; Edmilson Dias de Freitas ; Eric Adam Kort ; Fábio Luiz Teixeira Gonçalves ; Guy Brasseur ; Helber Custódio de Freitas ; Henrique de Melo Jorge Barbosa ; Humberto Ribeiro da Rocha ; Jorge Alberto Martins ; José Vanderlei Martins ; Leila Droprinchinski Martins ; Leila Maria Vespoli Carvalho ; Luciana Varanda Rizzo ; Mariana Abrantes Giannotti ; Marly Babinski ; Nilton Manuel Évora do Rosário ; Paulo Eduardo Artaxo Netto ; Pedro Jose Perez-Martinez ; Prashant Kumar ; Regina Maura de Miranda ; Ricardo Ivan Ferreira da Trindade ; Rita Yuri Ynoue ; Samara Carbone ; Taciana Toledo de Almeida Albuquerque ; Thiago Nogueira ; Yang Zhang
Associated grant(s):19/08875-2 - Exploring research opportunities between air quality modeling and artificial intelligence, AP.R SPRINT
Associated scholarship(s):19/27079-2 - Retrieval of column averaged abundances of CO2 and CH4 using a portable FTIR spectrometer at São Paulo Metropolitan Area, BP.PD
19/16885-8 - Source appontment of PM10 and PM2.5 in São Paulo, BP.PD
19/09879-1 - Elderly mortality related to heat waves in the capitals of Brazil: an analysis in the present and future projections in the climate change scenarios, BP.DD
19/17304-9 - Data management system, integration platform, and quick view, BP.TT

Abstract

Urban areas are expanding in all parts of the world, and are recognized as important atmospheric sources of greenhouse gases (GHG) and of short-lived climate pollutants (SLCP). The SLCP are the gases and particulates that are also responsible for global warming not caused by the CO2 and that have atmospheric lifetime of less than 20 years. The emissions, fate and atmospheric concentrations of these species will be affected by the climate change (expected modification of temperature and humidity), and specifically by the atmospheric temperature, and by extreme hydrometeorological events. A drastic reduction of greenhouse gas and other climate pollutants emission is required to attain the objectives highlighted by the COP21 agreement. The impact on climate of the megacities and urban conglomerates is well established since a large fraction of emissions takes place in these populated areas. In fact, urban areas constitute also a major source of air pollutants (related to energy production and consumption, transport and waste disposal). One of the challenges is to find win-win strategies by which one improves air quality while limiting anthropogenic climate forcing. São Paulo is the most important megacity in South America and can therefore be considered as a laboratory for an integrated assessment of the impact on the atmosphere of the sources of GHG (CO2, N2O, CH4) and of other radiative active species, the SLCP. Here, we will focus our attention on the black carbon, methane and tropospheric ozone, constituents of the SLCP and on the feedback of the climate change on air quality. To evaluate the climate impacts of the São Paulo Megacity emissions, the first step is to assess the sources of GHG and SLCP. All current information on GHG emissions is based on bottom-up estimates performed from the extrapolation of limited flux observations and economic information. These estimated emissions have never been verified or reconciled with surface observations of species concentrations and/or with remote sensing atmospheric data. To achieve the objectives of developing an emission inventory of GHG and SLCP, surface measurements, flux measurements and satellite data will be used to evaluate the impact of the São Paulo Megacity. (AU)

Articles published in Agência FAPESP Newsletter about the research grant
Satellite images confirm a decrease in airborne pollution in São Paulo 
Pollution in São Paulo fell by 50% in just one week but remains high in the city center 
Articles published in other media outlets (77 total):
More itemsLess items
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
O isolamento social para controlar o avanço do novo coronavírus vem ajudando a reduzir a emissão de poluentes como CO e NOx nas grandes cidades. 
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
A temática da qualidade do ar ganhou relevância nesse período de pandemia 
Ar mais puro, um aspecto positivo 
Poluição em São Paulo diminui 50% durante quarentena 
Com isolamento social, poluição em São Paulo é reduzida pela metade 
Poluição diminui 50% durante período de quarentena em São Paulo 
Poluição do ar em São Paulo diminui 50% em virtude da quarentena 
Poluição em São Paulo diminui 50% em virtude da quarentena | Notícias do Litoral Norte SP - Tamoios News 
Poluição em SP diminui 50% 
Poluição cai 50% com quarentena 
Pandemia de coronavírus melhora a qualidade do ar 
Quarentena faz poluição diminuir em diversas capitais 
Com ônibus cheios por rodízio, prefeitura é pressionada por novas propostas 
Imagens de satélite confirmam redução na poluição de São Paulo 
Imagens de satélite confirmam redução na poluição de São Paulo 
Imagens de satélite confirmam redução na poluição de São Paulo 
Imagens de satélite confirmam redução na poluição de São Paulo 
Imagens de satélite confirmam redução na poluição de São Paulo 
Poluição em São Paulo cai 50% durante a quarentena 
Imagens de satélite confirmam queda da poluição no Brasil 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
As lições do Coronavírus no Dia da Terra 
Imagens de satélite confirmam redução na poluição de São Paulo 
Imagens de satélite confirmam redução na poluição de São Paulo 
Imagens de satélite confirmam queda da poluição em capitais do país 
Imagens de satélite confirmam queda da poluição no Brasil 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Semanas da quarentena fez poluição em SP cair pela metade 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Poluição em São Paulo cai 50% com a quarentena 
Quarentena reduz poluição em São Paulo 
Extreme Rainfall Days In Metropolitan São Paulo Have Risen Four-Fold In Seven Decades 
Quarentena reduz poluição em São Paulo 
Estudo mostra redução de 50% da poluição em São Paulo durante quarentena 
Quarentena reduz poluição em São Paulo 
Em uma semana, poluição em São Paulo cai pela metade, mas continua desigual entre centro e periferia. 
Em uma semana, poluição em São Paulo cai pela metade, mas continua desigual entre centro e periferia 
Em uma semana, poluição em São Paulo cai pela metade, mas continua desigual entre centro e periferia. 
Em uma semana, Poluição de São Paulo cai pela metade 
Em uma semana, poluição em São Paulo cai pela metade 
Em uma semana, poluição em São Paulo cai pela metade 
Em uma semana, poluição em São Paulo cai pela metade 
Poluição na cidade de SP cai pela metade em apenas uma semana 
Extreme Rainfall Days In Metropolitan São Paulo Have Risen Four-Fold In Seven Decades 
Extreme Rainfall Days In Metropolitan São Paulo Have Risen Four-Fold In Seven Decades 
São Paulo tem redução de poluição por conta da quarentena social 
Poluição de São Paulo caiu pela metade desde início da quarentena 
Poluição cai pela metade na cidade de São Paulo após alguns dias de quarentena 
Extreme Rainfall Days In Metropolitan São Paulo Have Risen Four-Fold In Seven Decades 
Poluição de São Paulo caiu pela metade desde início da quarentena 
Poluição de São Paulo caiu pela metade desde início da quarentena 
Poluição de São Paulo caiu pela metade desde início da quarentena 
Poluição em São Paulo caia pela metade 
Em uma semana, poluição em SP cai pela metade, mas continua desigual entre centro e periferia 
Em uma semana, poluição em SP cai pela metade, mas continua desigual entre centro e periferia 
Em uma semana, poluição em SP cai pela metade, mas continua desigual entre centro e periferia 

Scientific publications
(References retrieved automatically from Web of Science and SciELO through information on FAPESP grants and their corresponding numbers as mentioned in the publications by the authors)
NOGUEIRA, THIAGO; KUMAR, PRASHANT; NARDOCCI, ADELAIDE; ANDRADE, MARIA DE FATIMA. Public health implications of particulate matter inside bus terminals in Sao Paulo, Brazil. Science of The Total Environment, v. 711, APR 1 2020. Web of Science Citations: 0.

Please report errors in scientific publications list by writing to: cdi@fapesp.br.