Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da estabilidade estática em sistemas elétricos de potência utilizando fluxo de carga continuado e processamento paralelo

Processo: 17/20001-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2018 - 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Thales Sousa
Beneficiário:Thales Sousa
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Estabilidade de tensão  Unidade de processamento gráfico  Processamento paralelo 

Resumo

O aumento da demanda de energia associado ao fornecimento de energia elétrica nem sempre acompanhado pela expansão adequada da estrutura física do sistema, tem elevado as dificuldades em atender as cargas devido à operação do sistema próxima de seus limites de carregamento. Restrições ambientais, econômicas e a utilização da malha de transmissão, interconectada e extremamente complexa, em um ambiente desverticalizado, dificultam monitoramento e controle da mesma. Adicionalmente, a inclusão de fontes de geração intermitentes expõe o sistema a problemas de estabilidade, principalmente ao colapso de tensão. Este fenômeno é caracterizado pela perda do controle da tensão em uma ou mais barras, espalhando-se pelos pontos vizinhos, de forma que a amplitude das tensões apresentam valores fora dos limites aceitáveis de operação. Para realizar um estudo de estabilidade dos sistemas, com objetivo de evitar o ponto de colapso de tensão, o presente projeto propõe a aplicação do Fluxo de Carga Continuado e do Método de Vetor Tangente em um ambiente de processamento paralelo. Empregando técnicas de programação através de processamento paralelo pretende-se dividir as tarefas independentes nos núcleos disponíveis e acelerar o tempo de obtenção da solução. Nesse sentido, o presente projeto propões a utilização da unidade de processamento central (CPU) e da unidade de processamento gráfico (GPU), a fim de fazer uma análise comparativa sobre a eficácia e precisão obtida em cada uma, com a finalidade de otimizar a ferramenta de simulação computacional aplicada aos sistemas de potência. Os resultados obtidos permitirão obter um perfil do comportamento dos sistemas de potência evitando-se o desgaste computacional desnecessário. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.