Busca avançada
Ano de início
Entree

Aumento da produtividade do gado leiteiro no Brasil: desenvolvimento e avaliação de um novo probiótico para bovinos leiteiros em condições tropicais a partir do estudo da microbiota ruminal

Processo: 16/21830-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de maio de 2018 - 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Natanael Pinheiro Leitão Júnior
Beneficiário:Natanael Pinheiro Leitão Júnior
Empresa:Natanael Pinheiro Leitão Junior - ME
CNAE: Comércio atacadista de animais vivos, alimentos para animais e matérias-primas agrícolas, exceto café e soja
Testes e análises técnicas
Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Município: São Paulo
Pesq. associados:Flávio Augusto Portela Santos ; João Carlos Setubal ; Rosana Puccia ; Veridiana Lourenço de Souza
Bolsa(s) vinculada(s):18/09683-7 - Aumento da produtividade do gado leiteiro no Brasil: desenvolvimento e avaliação de um novo probiótico para bovinos leiteiros em condições tropicais a partir do estudo da microbiota ruminal, BP.PIPE
Assunto(s):Aditivos alimentares  Probióticos  Nutrição animal  Bovinos leiteiros 

Resumo

Os bovinos são mamíferos herbívoros dotados de uma câmara fermentativa denominada rúmen, onde uma complexa rede de microrganismos residentes realizam a digestão do alimento ingerido. A manutenção de uma microbiota ruminal sadia está relacionada ao bom desempenho fisiológico do animal, saúde e alta produtividade, enquanto seu desequilíbrio torna o animal susceptível à incidência de doenças e pode levá-lo à morte. Entender a microbiota do rúmen é uma maneira de aumentar a produtividade e saúde do animal e a utilização de probióticos é um meio eficiente e natural que pode agregar diversos benefícios à criação e ao produtor rural. O objetivo deste projeto é elaborar um probiótico para bovinos leiteiros criados no Brasil a partir do estudo da microbiota do rúmen animal. Realizaremos o estudo de microbioma do rúmen dos animais pela extração do DNA dos microrganismos e sequenciamento das regiões 16S do rRNA bacteriano e ITS1 do DNA fúngico. Correlacionaremos os microrganismos identificados no rúmen com variáveis que representam a saúde (análises bioquímicas do sangue) e o desempenho de cada animal (produção e composição do leite). Os microrganismos que se correlacionarem com os melhores parâmetros de saúde e desempenho serão adicionados na formulação do novo probiótico. Estimamos que nosso produto aumentará em 5-8% a produção média de leite do animal, ou em números absolutos, aumentará em média de 1 a 1,7 kg de leite por vaca/dia. Estimamos ainda que o animal suplementado com nosso probiótico produzirá 7% mais gorduras no leite por melhorar as condições de fermentação ruminal, com maior eficiência produtiva e redução no consumo de antibióticos por potenciais benefícios no sistema imune. Se aplicado ao rebanho leiteiro do país, o produto poderia aumentar a produção em aproximadamente 1,74 bilhões de litros de leite, que foi de 35 bilhões de litros em 2015, e poderia adicionar aproximadamente R$ 2 bilhões/ano ao PIB do país. O uso de probiótico é coerente com a tendência naturalista mundial e redução do uso de antibiótico na produção. Com o novo probiótico desenvolvido em típicas condições tropicais, manejo, dieta e clima encontradas em fazendas leiteiras no Brasil, o produto suportará o desenvolvimento da pecuária leiteira Nacional e veremos a nossa biotecnologia aplicada ao aumento da produção animal. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal 
Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (18 total):
Mais itensMenos itens
Startup desenvolve alimentos probióticos para animais 
Una startup brasileña desarrolla alimentos probióticos segmentados para nutrición animal 
Startup desenvolve alimentos probióticos para animais 
Startup desenvolve probióticos para nutrição de gado leiteiro 
Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal 
Esta startup desenvolve bactérias para melhorar a nutrição animal 
Fapesp: Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal 
Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal 
Fapesp: Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal | São Paulo 
Fapesp: Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal 
Fapesp: Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal 
Esta startup desenvolve bactérias para melhorar a nutrição animal 
Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal 
Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal 
Esta startup desenvolve bactérias para melhorar a nutrição animal 
Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal 
STARTUP DESENVOLVE PROBIÓTICOS SEGMENTADOS PARA NUTRIÇÃO ANIMAL 
Startup desenvolve probióticos segmentados para nutrição animal