Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos centrais da aldosterona no controle hidrosalino: função dos neurônios HSD2 do NTS e circuitos relacionados

Processo: 18/04134-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 30 de agosto de 2018 - 08 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Eduardo Colombari
Beneficiário:Eduardo Colombari
Pesquisador visitante: Joel C. Geerling
Inst. do pesquisador visitante: University of Iowa, Estados Unidos
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/23467-7 - Fisiopatologia experimental: mecanismos centrais de controle cardiovascular e respiratório envolvidos em modelos experimentais de hipertensão e obesidade, AP.TEM
Assunto(s):Sistema nervoso central  Aldosterona  Sal (condimento)  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

Resultados recentes mostraram que aldosterona infundida no 4ºV produz intensas respostas natriorexigênicas, porém ainda não se sabe se estas respostas são consequência de ativação direta de mecanismos envolvidos com a ingestão de sódio ou indireta, como a excreção. No presente projeto, propomos investigar: 1) se aldosterona infundida no 4ºV produz alteração na excreção renal de água e eletrólitos, na pressão arterial, frequência cardíaca e reflexos cardiovasculares; 2) a ativação de áreas centrais e dos neurônios HSD2 do NTS com infusão de aldosterona no 4ºV; 3) o sinergismo entre aldosterona infundida no 4ºV e ANG II atuando em áreas prosencefálicas na ingestão de água e NaCl 1,8%; 4) a participação do NPBL na ingestão de NaCl 1,8% induzida por injeção em bolus ou infusão crônica de aldosterona no 4º V ou no VL por meio de injeções bilaterais de moxonidina (agonista ±2 adrenérgico/imidazólico), de metisergida (antagonista serotoninérgico) ou de DOI (agonista serotoninérgico). Em ratos controle ou em animais com expressão reduzida de receptores de mineralocorticóide (RM) feita através de injeção de adenovírus, com cânulas de aço inoxidável implantadas no 4ºV e infusão crônica de aldosterona (100 ng/2 µl/h) será feita a medida diária de ingestão de água e NaCl 1,8%, de excreção urinária de água e eletrólitos e no sétimo dia após o início da infusão serão feitos os registros da pressão arterial e frequência cardíaca nos animais não anestesiados, por meio de canulação da artéria femoral. Neste projeto também serão utilizados animais com cânulas de aço inoxidável implantadas no 4ºV onde será injetada aldosterona (10 ng/2 µl/h) e com cânulas no VL, onde serão injetada ANG II (50 ng/µl) ou losartan (100 µg/1 µl) com a finalidade de se estudar o sinergismo entre aldosterona e angiotensina II na ingestão de água e NaCl 1,8%. Por fim, para verificar a participação do NPBL na ingestão de NaCl 1,8% induzida por aldosterona serão utilizados ratos com cânulas de aço inoxidável implantadas no 4ºV, NPBL ou no VL. Estes animais receberão injeção aguda de metisergida (4 µg/0,2 µl) ou moxonidina (0,5 nmol/0,2 µl) no NPBL combinadas com injeção de aldosterona no 4ºV ou no VL. A ingestão de NaCl 1,8% e água também será medida em animais com infusão crônica de aldosterona (10 ng /2 µl/h) que receberão injeção de DOI (5 µg/0,2 µl), um agonista serotoninérgico no NPBL. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GASPARINI, S.; MELO, M. R.; ANDRADE-FRANZE, G. M. F.; GEERLING, J. C.; MENANI, J. V.; COLOMBARI, E. Aldosterone infusion into the 4th ventricle produces sodium appetite with baroreflex attenuation independent of renal or blood pressure changes. Brain Research, v. 1698, p. 70-80, NOV 1 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.