Busca avançada
Ano de início
Entree

Transformações na retórica do consumo: a composição verbal e visual das publicidades de revistas impressas na era da convergência

Processo: 18/03184-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2018 - 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação - Relações Públicas e Propaganda
Pesquisador responsável:Lucilene dos Santos Gonzales
Beneficiário:Lucilene dos Santos Gonzales
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Linguagem publicitária 

Resumo

Diante dos fenômenos da cibercultura, convergência cultural, percebe-se uma reconfiguração nos paradigmas e práticas da comunicação e consumo, o que consequentemente se reflete na composição das publicidades veiculadas em revistas impressas. Por isso, estamos investigando, desde 2016, 138 publicidades (2014- 2016) em que verificamos, além de título, subtítulo, imagem, texto, marca e slogan, já apresentados na obra de Gonzales (2003), mais vinte e dois componentes do anúncio impresso. Essa parte inicial da pesquisa teve o auxílio da Fapesp com uma bolsa de iniciação científica em que fundamentamos teoricamente a pesquisa para a exploração das publicidades de seis revistas impressas dirigidas a públicos distintos - Veja, Caras, Ana Maria, Todateen, Suprinteressante e Playboy. Categorizamos os seus produtos e serviços o que nos permitiu conhecer o perfil do seu público leitor e quais os componentes de suas publicidades. Nesta segunda e última etapa pretendemos, nas 138 publicidades selecionadas, verificar a estruturação linguística e semiológica dos enunciados verbais e visuais - títulos, imagens, textos, slogan, marca ...- para (re) definir, se necessário, a constituição e função de cada um desses componentes. Trata-se, portanto, de uma pesquisa comparativa e analítica visando à sistematização da composição verbal e visual da publicidade de revista impressa na contemporaneidade - 2014/2016. Pretendemos apresentar esses resultados em publicação on-line - e-book - ou um livro impresso que suprirá a lacuna na área. (AU)