Busca avançada
Ano de início
Entree

Vacina terapêutica baseada em células dendríticas aDC1 e vírus autólogo inativado visando o controle viral de indivíduos infectados pelo HIV-1 em interrupção de terapia antirretroviral

Processo: 16/25212-9
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de junho de 2018 - 31 de maio de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Alberto José da Silva Duarte
Beneficiário:Alberto José da Silva Duarte
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:
Luís Fernando de Macedo Brígido
Pesquisadores associados:Alessandra Pontillo ; Alexandre de Almeida ; Ana Paula Rocha Veiga ; Bosco Christiano Maciel da Silva ; Bruna Tereso Santillo ; Luanda Mara da Silva Oliveira ; Maria Notomi Sato ; Maria Rita Polo Gascón ; Paula Ordonhez Rigato ; Robbie B. Mailliard ; Rosana Coura Rocha ; Telma Miyuki Oshiro Sumida ; Thales Jose Bueno Polis
Bolsa(s) vinculada(s):23/11990-3 - Produção e caracterização de células dendríticas polarizantes aDC1 para aplicação em protocolo clínico de imunoterapia anti-HIV, BP.TT
22/06813-2 - Vacina terapêutica baseada em células dendríticas alfaDC1 e vírus autólogo inativado visando o controle viral de indivíduos infectados pelo HIV-1 em interrupção de terapia antirretroviral, BP.TT
22/04994-0 - Avaliação de rendimento e viabilidade de células dendríticas polarizantes aDC1 utilizadas em ensaio de imunoterapia anti-HIV, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 19/24849-1 - Delivery de antígenos de HIV associados a nanopartículas: potencial aplicação na imunoterapia anti-HIV com células dendríticas derivadas de monócitos, BP.DR
21/06139-7 - Caracterização e carregamento de antígenos relevantes de HIV em células dendríticas aDC1 para imunoterapia anti-HIV, BP.PD
19/07976-0 - Obtenção, caracterização e carregamento de vírus autólogo por células dendríticas aDC1 para imunoterapia anti-HIV, BP.PD
19/02948-8 - Vacina terapêutica baseada em células dendríticas aDC1 e vírus autólogo inativado visando o controle viral de indivíduos infectados pelo HIV-1 em interrupção de terapia antirretroviral, BP.TT
18/12460-0 - Produção e caracterização de células dendríticas polarizantes aDC1 para protocolo clínico de imunoterapia anti-HIV, BP.PD - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Imunoterapia  Células dendríticas  HIV  Vacinas  Terapia antirretroviral de alta atividade 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:células dendríticas | Hiv | imunoterapia | trial clinico | vacina

Resumo

A imunoterapia baseada em células dendríticas (DCs) constitui uma ferramenta potencial para estimular a resposta imune específica, podendo atuar como um tratamento complementar para indivíduos infectados pelo HIV, em uso de terapia antirretroviral. O uso de DCs polarizantes, capazes de produzir níveis elevados de IL12p70 e induzir uma potente resposta citotóxica é desejável no caso de infecções virais. Neste contexto, nossa proposta é estudar DCs polarizantes aDC1 pulsadas com vírus autólogo inativado para tratamento de indivíduos infectados pelo HIV. Serão incluídos nesse estudo 30 indivíduos que no momento da inclusão ainda não tenham a terapia antirretroviral iniciada e após 6 meses de tratamento sofrerão ou não intervenção, conforme alocação nos braços do estudo: G1) não imunizados e sem interrupção de tratamento antirretroviral; G2) imunizados com aDC1 sem interrupção de tratamento antirretroviral; G3) imunizados com aDC1 com interrupção analítica de tratamento antirretroviral. Após a inclusão, amostras de células mononucleares do sangue periférico (PBMCs) serão coletadas para isolamento e expansão viral e os indivíduos iniciarão a terapia antirretroviral. Será aguardado período de 24 semanas até que a carga viral plasmática tenha se tornado indetectável. Após este período, amostras serão coletadas para a definição dos parâmetros basais e o produto vacinal constituído por aDC1 será inoculado em 3 doses em intervalos quinzenais. Três semanas após a inoculação da última dose da vacina a terapia antirretroviral será interrompida somente nos pacientes do G3 (grupo 3). O seguimento vacinal será realizado nos seis meses subsequentes quando amostras de sangue periférico e biópsias de jejuno serão estudadas com relação a parâmetros de imunoativação, imunogenicidade, estímulo de resposta humoral, expressão gênica para diferentes perfis de resposta imune, perfil virológico e análise de reservatórios virais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (8)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
OSHIRO, TELMA MIYUKI; DA SILVA, LAIS TEODORO; ORTEGA, MARINA MAZZILLI; PERAZZIO, SANDRO FELIX; DA SILVA DUARTE, ALBERTO JOSE; CARNEIRO-SAMPAIO, MAGDA. Patient with agammaglobulinemia produces anti-SARS-CoV-2 reactive T-cells after CoronaVac vaccine. Clinics, v. 77, p. 2-pg., . (16/25212-9, 14/50489-9, 18/12460-0)
LUANDA MARA DA SILVA OLIVEIRA; BRUNA TIAKI TIYO; LAIS TEODORO DA SILVA; LUIZ AUGUSTO MARCONDES FONSECA; ROSANA COURA ROCHA; VERA APARECIDA DOS SANTOS; CARINA CENEVIVA; ANDERSON APARECIDO BEDIN; ALEXANDRE DE ALMEIDA; ALBERTO JOSÉ DA SILVA DUARTE; et al. Prevalence of anti-SARS-CoV-2 antibodies in outpatients of a large public university hospital in Sao Paulo, Brazil. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, v. 62, . (19/07976-0, 18/12460-0, 16/25212-9)
DA SILVA, LAIS TEODORO; SANTILLO, BRUNA TERESO; DE ALMEIDA, ALEXANDRE; DA SILVA DUARTE, ALBERTO JOSE; OSHIRO, TELMA MIYUKI. Using Dendritic Cell-Based Immunotherapy to Treat HIV: How Can This Strategy be Improved?. FRONTIERS IN IMMUNOLOGY, v. 9, . (18/12460-0, 16/25212-9)
DA SILVA, LAIS TEODORO; ORTEGA, MARINA MAZZILLI; PERAZZIO, SANDRO FELIX; OSHIRO, TELMA MIYUKI; DA SILVA DUARTE, ALBERTO JOSE; CARNEIRO-SAMPAIO, MAGDA. Anti-SARS-CoV-2 reactive T cells in a XLA patient after CoronaVac vaccine. JOURNAL OF CLINICAL IMMUNOLOGY, v. 42, n. SUPPL 1, p. 2-pg., . (16/25212-9, 14/50489-9)
DA SILVA, LAIS TEODORO; ORTEGA, MARINA MAZZILLI; TIYO, BRUNA TIAKI; TABOSA VIANA, ISABELLE FREIRE; DE LIMA, TAYNA EVILY; TOZETTO-MENDOZA, TANIA REGINA; DA SILVA OLIVEIRA, LUANDA MARA; EMIDIO TEIXEIRA, FRANCIANE MOURADIAN; LINS, ROBERTO DIAS; DE ALMEIDA, ALEXANDRE; et al. SARS-CoV-2 recombinant proteins stimulate distinct cellular and humoral immune response profiles in samples from COVID-19 convalescent patients. Clinics, v. 76, . (18/12460-0, 16/25212-9)
TIYO, BRUNA T.; SCHMITZ, GABRIELA J. H.; ORTEGA, MARINA M.; DA SILVA, LAIS T.; DE ALMEIDA, ALEXANDRE; OSHIRO, TELMA M.; DUARTE, ALBERTO J. DA S.. What Happens to the Immune System after Vaccination or Recovery from COVID-19?. LIFE-BASEL, v. 11, n. 11, p. 21-pg., . (16/25212-9, 21/06139-7, 18/12460-0)
ORTEGA, MARINA MAZZILLI; DA SILVA, LAIS TEODORO; CANDIDO, ERIKA DONIZETTI; ZHENG, YINGYING; TIYO, BRUNA TIAKI; FERREIRA, ARTHUR EDUARDO FERNANDES; CORREA-SILVA, SIMONE; SCAGION, GUILHERME PEREIRA; LEAL, FABYANO BRUNO; CHALUP, VANESSA NASCIMENTO; et al. Salivary, serological, and cellular immune response to the CoronaVac vaccine in health care workers with or without previous COVID-19. SCIENTIFIC REPORTS, v. 12, n. 1, p. 12-pg., . (18/12460-0, 16/25212-9, 21/06139-7, 19/24849-1, 20/06409-1, 14/50489-9)
CABRAL, GABRIELA BASTOS; AHAGON, CINTIA MAYUMI; DE SOUZA GUIMARAES, PAULA MORENA; SILVA LOPEZ-LOPES, GISELLE IBETTE; HUSSEIN, IGOR MOHAMED; CILLI, AUDREY; ALVES, IVY DE JESUS; COELHO BOMBONATTE, ANDREA GOBETTI; SAMPAIO TAVARES TIMENETSKY, MARIA DO CARMO; DA SILVA SANTOS, JAQUELINE HELENA; et al. se of Sanger protocols to identify variants of concern, key mutations and track evolution of SARS-CoV-. Journal of Virological Methods, v. 300, . (16/25212-9, 18/14384-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.