Busca avançada
Ano de início
Entree

EFEITO DO ESTRESSE HÍDRICO NA COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE BRASSICÁCEAS E SEUS EFEITOS SOBRE Plutella xylostella (L., 1795) (LEPIDOPTERA: PLUTELLIDAE).

Processo: 17/26454-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2018 - 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Sergio Antonio de Bortoli
Beneficiário:Sergio Antonio de Bortoli
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/10246-0 - Efeito do estresse hídrico na composição química de brassicáceas e seus efeitos sobre Plutella xylostella (L., 1795) (Lepidoptera: Plutelldae), BP.TT
Assunto(s):Entomologia agrícola  Estresse hídrico  Composição química  Desenvolvimento  Traça-das-crucíferas 

Resumo

Plutella xylostella (Lepidoptera: Plutellidae), também chamada de traça-das-crucíferas, é uma praga importante de Brassicaceae, que pode ser encontrada em todos os continentes. A relação entre P. xylostella e as brassicáceas tem sido muito estudada, sendo que essas plantas, de maneira geral, utilizam metabólicos secundários como defesa ao ataque de insetos generalistas, e para especialistas, como P. xylostella, alguns metabólicos são incitantes a alimentação e oviposição. Na interação inseto-planta existem questões não compreendidas, ou pouco compreendidas, e que devem ser estudadas, pois diversas são as influências bióticas e abióticas interagindo nestes organismos e podendo promover alterações fisiológicas e nutricionais na planta e também no desenvolvimento do inseto. Assim, o objetivo deste trabalho será avaliar a influência do estresse hídrico em variedades de plantas da família Brassicaceae e seu reflexo no herbívoro especialista P. xylostella. (AU)