Busca avançada
Ano de início
Entree

A Festa da Moça Nova: ritual de iniciação feminina dos índios Ticuna

Processo: 17/19042-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de junho de 2018 - 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Etnologia Indígena
Pesquisador responsável:Marta Rosa Amoroso
Beneficiário:Marta Rosa Amoroso
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mitologia  Música  Comportamento ritualístico  Índios 

Resumo

Este livro tem como foco principal a descrição e análise do ritual de iniciação pelo qual passam as moças ticuna, a chamada Festa da Moça Nova. Os Ticuna são um povo de língua isolada, habitantes, em sua maior parte, do Alto Rio Solimões (AM), distribuídos entre Brasil, Peru e Colômbia. Por ocasião da menarca, as meninas são colocadas em reclusão e é organizado o ritual. Para compreendermos esta Festa, que marca a saída das moças da reclusão, exponho suas relações com outras dimensões da vida ticuna: organização social e parentesco, mitologia, cosmologia e corpo. A etnografia e a análise se concentram principalmente nas canções, instrumentos musicais e narrativas míticas relacionados à Festa e seu processo ritual. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Ritual de iniciação feminina evidencia a vitalidade da cultura indígena 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (2 total):
Ritual de iniciação feminina evidencia a vitalidade da cultura indígena 
Ritual de iniciação feminina evidencia a vitalidade da cultura indígena