Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma nova geração de técnicas compensatórias de drenagem urbana: alternativas de reciclagem e descentralizadas para segurança hídrica, energética e alimentar

Processo: 17/21940-2
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2018 - 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Eduardo Mario Mendiondo
Beneficiário:Eduardo Mario Mendiondo
Instituição Sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Poluição difusa  Mudança climática  Reúso da água 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Bioretenção | Mudanças Climáticas | poluição difusa | reúso de água | Suds | Técnicas compensatórias da drenagem urbana

Resumo

No Brasil, a maior parte dos desastres naturais está associada aos eventos extremos, tanto de precipitação como de seca, sendo que com o cenário futuro de mudanças climáticas estes eventos tendem a se tornar mais frequentes. Assim, são necessários sistemas de drenagem urbana capazes de reduzir as vazões conduzidas aos corpos receptores. Neste sentido, o uso de técnicas compensatórias se torna uma alternativa promissora aos sistemas clássicos. Diversos estudos vêm sendo conduzidos internacionalmente para avaliar a sua performance, mas em sua maioria tem-se analisado ou a eficiência qualitativa ou quantitativa, isoladamente. No mais, avaliar a possibilidade de utilizar estes dispositivos como forma de reciclagem e cultivo de recursos, em escala de campo, ainda é um novo marco conceitual a ser desenvolvido. Dessa forma, esta pesquisa tem como principal objetivo apresentar um novo enfoque teórico-experimental da utilização de técnicas compensatórias, inserindo uma nova classificação com base no extremo a ser mitigado e seu objetivo final (TCs-1G - excessos de urbanização, TCs-2G - excessos de urbanização e mudanças climáticas, TCs-3G - incorporando reciclagem de recursos). O enfoque experimental será dado para as TCs-3G, visando o cultivo de recursos do Nexus - água, energia, alimento, com a reutilização da água armazenada para usos múltiplos futuros, ciclagem de nutrientes e reaproveitamento energético. Será também investigada eficiência quali-quantitativa destes dispositivos e sua contribuição para tornar as cidades mais resilientes. A metodologia da pesquisa segue seis principais etapas: (1) estudo da área e implantação, (2) adaptação de método de dimensionamento para TC-3G, (3) monitoramento quali-quantitativo do dispositivo de bioretenção em diferentes escalas de aplicação, (4) modelagem hidrológica e simulação de cenários de macrodrenagem, (5) avaliação do desempenho do sistema, a partir de novos coeficientes, e (6) manutenção do sistema. De maneira geral, espera-se que o uso de TCs-3G descentralizadas em diferentes escalas diminua a contribuição de escoamento superficial à jusante do sistema e a poluição difusa aportada, conjugado a reciclagem dos recursos. Assim, estes sistemas irão contribuir para evitar cheias urbanas e colaborar para a segurança hídrica-energética-alimentar em cidades resilientes de clima subtropical. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TAFFARELLO, D.; BITTAR, M. S.; SASS, K. S.; CALIJURI, M. C.; CUNHA, D. G. F.; MENDIONDO, E. M.. Ecosystem service valuation method through grey water footprint in partially-monitored subtropical watersheds. Science of The Total Environment, v. 738, . (18/22195-1, 14/50848-9, 17/21940-2)
GOMES JR, MARCUS NOBREGA; GIACOMONI, MARCIO HOFHEINZ; DE MACEDO, MARINA BATALINI; DO LAGO, CESAR AMBROGI FERREIRA; BRASIL, JOSE ARTUR TEIXEIRA; DE OLIVEIRA, THALITA RAQUEL PEREIRA; MENDIONDO, EDUARDO MARIO. A Modeling Framework for Bioretention Analysis: Assessing the Hydrologic Performance under System Uncertainty. JOURNAL OF HYDROLOGIC ENGINEERING, v. 28, n. 9, p. 20-pg., . (18/20865-0, 17/21940-2, 14/50848-9)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.