Busca avançada
Ano de início
Entree

Atividades sociais, gênero, mercados e mobilidades a partir do sul global (América Latina)

Processo: 17/26959-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 30 de julho de 2018 - 29 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia do Desenvolvimento
Pesquisador responsável:Cibele Saliba Rizek
Beneficiário:Cibele Saliba Rizek
Pesquisador visitante: Isabel Pauline Hildegard Georges
Inst. do pesquisador visitante: Institute de Recherche pour le Développement (IRD), França
Instituição-sede: Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos (IAU). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Sociologia urbana  Sociologia do trabalho  Trabalho  Mercados  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

O laboratório misto internacional - Social activities, gender, markets and mobilities from below (Latin America) (LMI-SAGEMM) se debruça sobre a conjunção de transformações no âmbito do trabalho, família e políticas sociais e de assistência, bem como suas ancoragens urbanas. Suas dimensões de análise abarcam questões de gênero, estruturas familiares, processos de concepção e implementação de políticas sociais, problematizando a dinâmica dessa conexão com relação aos desafios impostos pela mundialização. Nossos objetos de pesquisa e análise são as políticas voltadas ao mercado de trabalho, família/gênero, assim como as políticas urbanas em transformação desde os anos 1990. Esse conjunto de políticas e programas sociais são pensados em diferentes escalas, como expedientes, dispositivos e como forma de governo. As perspectivas e os desafios analíticos colocados por essas políticas e programas buscam compreender como os atores, operadores, beneficiários nelas envolvidos acabam por experimentá-las e formatá-las. A articulação entre objetos e programas de pesquisa que compõem o laboratório se assenta: na constatação de uma relação paradoxal entre a tendência mundial de desregulação por um lado, e os modos de ativação, por outro; nas dinâmicas da formalização/informalização no âmbito da América Latina, combinadas com a vaga de precarização europeia. Trata-se de investigar como políticas sociais e urbanas, bem como políticas de (des)regulação do mercado de trabalho são adaptadas a configurações nacionais específicas, por meio de um processo de pesquisa multi-escalar e multi-situado que pretende iluminar processos sociais por sua justaposição e, quando possível, sua comparação. O LMI SAGEMM é composto por três eixos temáticos: Eixo1: Atividades: as novas fronteiras das relações de trabalho e de emprego. Este eixo temático tem como objeto as transformações do mundo do trabalho nas sociedades contemporâneas, incluindo um leque variado de formas e nichos do trabalho e de atividades sociais diversas. Sua perspectiva analítica se assenta na discussão de elementos transversais a serem apreendidos de modo intersetorial. As velhas e novas informalidades tornaram-se hegemônicas; as categorias relativas à distinção entre "trabalho formal e informal" foram reconfiguradas. A investigação proposta se volta para as relações entre as condições de trabalho, os seus modos de formalização/informalização, relações de emprego e formas de solidariedade, mediadas pela proteção social, considerando fortemente as dimensões relativas a gênero, ao fenômeno migratório em suas conformações recentes e à dinâmica e papel do Estado, no quadro dessas transformações e permanências. Eixo 2: Políticas sociais e mercados. Este eixo temático tem como objeto as transformações nas relações entre Estado e "sociedade civil", suas mediações pela conformação de diferentes esferas de mercado, mercadorias e economias morais, entendidas como gramáticas morais. As dimensões analíticas, em abordagem intersetorial, se propõem a investigar os caminhos pelos quais as políticas sociais criam diferentes tipos de mercados, e suas formas de articulação. O objetivo de pesquisa é o de identificar os diversos atores ao longo das cadeias de produção dos serviços e programas sociais, nas suas escalas locais, regionais, nacionais e internacionais; inventariar os seus campos de atuação, entre a política, a iniciativa privada e os grandes organismos internacionais e cartografar as suas trajetórias sociais e profissionais; desvelar as suas práticas, para pensar o mosaico de conformações territoriais latino-americanas a partir de suas diferentes conjunturas e temporalidades, numa escala global. Eixo3: Reconfigurações da política. Este eixo temático objetiva estudar as relações entre demandas sociais e suas formas de institucionalização, a exemplo da economia solidaria, numa perspectiva multi-escalar e nas suas interfaces. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.