Busca avançada
Ano de início
Entree

Marcação precisa de tempo de pacotes em ambientes virtualizados (AVTS)

Processo: 15/24509-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2018 - 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Convênio/Acordo: MCTI/MC
Pesquisador responsável:Djamel Fawzi Hadj Sadok
Beneficiário:Djamel Fawzi Hadj Sadok
Instituição-sede: Centro de Informática (CIn). Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Ministério da Educação (Brasil). Recife , SP, Brasil
Pesq. associados: Judith Kelner ; Patricia Takako Endo ; Rafael Roque Aschoff
Assunto(s):Redes de computadores  Virtualização 

Resumo

Nos últimos anos várias novas tecnologias surgiram, dentre elas: Cloud Computing (Computação nas Nuvens), virtualização e técnicas avançadas de medição de rede. Entretanto, a combinação destas tecnologias pode acarretar em novos desafios, alguns deles podem que ser imprevisíveis, por exemplo a aplicação de técnicas de medição de fluxos de pacotes em redes virtuais. Mais especificamente, observou-se que a temporização de pacotes e fluxos sofre de imprecisão adicional em ambientes virtualizados devido à sobrecarga no acesso ao relógio (clock) do sistema operacional.Quando informações de time-stamping são coletadas, considera-se um ambiente quase perfeito de medições, mas este não é mais o caso. Os nós atuais são compostos de diferentes configurações de hardware com diferentes sistemas operacionais, cada hardware sendo capaz de suportar vários sistemas operacionais quando há virtualização. Apesar das informações de relógio de alguns sistemas como o Linux terem precisão na ordem de microsegundos apenas, essa precisão se deteriora ainda mais quando várias redes virtualizadas estão funcionando no mesmo hardware. Este projeto foca na realização de experimentos utilizando virtualização com o Kernel Virtual Machine (KVM) para envio e recebimento de pacotes. Outro objetivo é a identificação de qual das técnicas, ou combinação delas, torna o ambiente virtual mais próximo do ambiente real. Resumindo, o projeto AVTS visa oferecer um ambiente de testes (testbed) flexível para avaliação do efeito da virtualização no processo de time-stamping, em diferentes condições operacionais, com diversas cargas de CPU, tamanhos e tempos diversos entre chegadas de pacotes variados, entre outras funcionalidades. (AU)