Busca avançada
Ano de início
Entree

Remoção de uma mistura de micropoluentes de interesse emergente em matriz aquosa por adsorção em carvão ativado em pó e superfino

Processo: 18/03294-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2018 - 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Ricardo de Lima Isaac
Beneficiário:Ricardo de Lima Isaac
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Adilson Sartoratto ; Alexandre Nunes Ponezi
Assunto(s):Abastecimento de água  Poluição da água  Carvão ativado  Absorção  Cromatografia 

Resumo

Neste Projeto de Pesquisa é proposta a investigação do processo de adsorção em carvão ativado em pó (CAP) para a remoção da água para abastecimento público de uma mistura de compostos representativos de micropoluentes de interesse emergente no campo da Engenharia Sanitária e Ambiental. Amostras fortificadas pela adição de quantidades conhecidas dos compostos alvo 17-beta-estradiol (E2), 17-alfa-etinilestradiol (EE2), sulfametoxazol (SMX) e atrazina (ATZ) em água deionizada serão preparadas no intuito de simular concentrações ambientalmente relevantes, tanto aquelas mais usuais reportadas na literatura para mananciais superficiais, quanto eventuais ou pontuais, mais elevadas. Ensaios em batelada serão executados em escala de laboratório sob condições controladas de pH e temperatura para obtenção das isotermas e para avaliação da cinética de adsorção tanto dos compostos isolados quanto da mistura deles. A influência do adsorvente (tipo, granulometria, área superficial específica, dosagem) e do adsorvato (tipo, concentração inicial, mistura) será investigada. Considerando-se que o efeito sobre a saúde humana pode se dar de modo cumulativo a partir do consumo diário prolongado de quantidades muito pequenas de determinados compostos e, somando-se a isso, o potencial efeito sinérgico da ingestão de mistura de compostos, impõem-se a necessidade da avaliação não somente da eficiência do processo, mas também dos residuais, ainda que muito baixos. As concentrações mais baixas, da ordem de nanograma por litro, serão analisadas com a técnica da cromatografia líquida de alta eficiência e as mais elevadas, da ordem de micrograma por litro, pela técnica da cromatografia gasosa - em que os limites de detecção são mais elevados, porém a técnica é de menor custo. (AU)