Busca avançada
Ano de início
Entree

O fígado de anfíbios anuros: morfologia comparada entre 10 espécies e ação do benzopireno nos melanomacrófagos de Physalaemus cuvieri

Processo: 18/01078-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2018 - 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Classius de Oliveira
Beneficiário:Classius de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Pesq. associados: Carlos Eurico dos Santos Fernandes ; Lilian Franco Belussi ; Taynara Ribeiro Farias Leão
Bolsa(s) vinculada(s):18/10399-1 - Composição pigmentar dos melanomacrófagos hepáticos em 15 espécies de anuros, BP.TT
Assunto(s):Anatomia  Fígado  Hepatócitos 

Resumo

Os anuros têm células pigmentadas (melanócitos e melanomacrófagos) em diferentes órgãos e membranas, que possuem melanina. A pigmentação visceral pode estar relacionada ao acúmulo residual de melanina, ter papel no sistema imunológico, funções antioxidantes e proteger os tecidos. Um dos objetivos deste estudo é descrever as características morfométricas dos melanomacrófagos hepáticos (MMs) e caracterizar a histologia do fígado em dez espécies de anuros. A análise de dados inclui análises morfológicas e estereológicas, quantificação de melanina, hemosiderina e lipofuscina. O outro propósito, de acordo com a hipótese de que o Benzo[alfa]pireno (BaP) é um contaminante hepatotóxico será: avaliar a dispersão da área de melanina dos MMs (quantificar a produção de melanina); avaliar a atividade fagocítica de MMs (alterações do BaP no citoesqueleto); e avaliar os efeitos genotóxicos. Para as análises histológicas, serão seguidos os procedimentos para inclusão em historesina e análise da área de melanina e fagocitose com microscopia de luz. A quantidade de melanina será medida (por Elisa). Para os microtúbulos, os MMs serão analisados (por microscópio de fluorescência). Para anormalidades nucleares, o sangue será extraído e os procedimentos para análise serão seguidos. Estas características morfométricas do tecido hepático e as propriedades dos MMs podem ser utilizadas como biomarcadores funcionais para a avaliação da saúde dos anuros e para testar as funções de pigmentação visceral relacionadas a fatores poluentes químicos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GREGORIO, L. S.; FRANCO-BELUSSI, L.; DE OLIVEIRA, C. Genotoxic effects of 4-nonylphenol and Cyproterone Acetate on Rana catesbeiana (anura) tadpoles and juveniles. Environmental Pollution, v. 251, p. 879-884, AUG 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.