Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 2017/04138-8 para sistema de cromatografia líquida de alta pressão semipreparativo modelo LC-20AR

Resumo

As própolis brasileiras produzidas por Apis mellifera denominadas verde, marrom e vermelha, com cerca de 200 toneladas produzidas por ano, têm grande importância econômica, devido às suas atividades biológicas e exportação para vários países, como Japão e China. As principais origens botânicas das própolis brasileiras são: Baccharis dracunculifolia para própolis verde; Araucaria sp, Eucalyptus sp e outras plantas para própolis marrom; Dalbergia ecastophyllum para a própolis vermelha. Em 2005, a ANVISA publicou nota técnica sobre o Registro de produtos contendo própolis, bem como a RDC no 24/2011 autorizando o registro de medicamentos à base de própolis. Todavia, ainda não existem medicamentos à base de própolis registrados na ANVISA até a presente data. Há, ainda, muitas lacunas, uma vez que a ANVISA demanda a realização de estudos químicos, analíticos, farmacológicos e tecnológicos para garantir segurança, eficácia e qualidade no desenvolvimento de novos medicamentos. Assim, propõe-se a realização de etapas complementares quanto aos estudos fitoquímicos para obtenção de extratos padronizados e compostos a serem utilizados no desenvolvimento de métodos analíticos; na obtenção de derivados semissintéticos; nos estudos de estabilidade e degradação; nos estudos de bioacessibilidade, de biotransformação, farmacocinética e farmacodinâmica; nos estudos in silico para determinação da relação estrutura atividade e análises de docking; no desenvolvimento de formulações farmacêuticas; nos estudos toxicológicos in vitro e in vivo; nos estudos de genotoxidade e mutagenidade; nos ensaios anti-inflamatórios, imunomodulatórios, antimicrobianos, antiparasitários, antiproliferativos, cicatrizantes e gastroprotetores, entre outros. O objetivo maior desta proposta é agregar valor para o setor apícola brasileiro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA, THAYNA DE SOUZA; SILVA, JULIA M. B.; BRAUN, GLAUCIA H.; MEJIA, JENNYFER A. A.; CCAPATINTA, GARI V. C.; CONCEICAO SANTOS, MARIO FERREIRA; TANIMOTO, MATHEUS H.; BASTOS, JAIRO K.; PARREIRA, RENATO L. T.; ORENHA, RENATO P.; BORGES, ALEXANDRE; BERRETTA, ANDRESA A.; VENEZIANI, RODRIGO C. S.; MARTINS, CARLOS H. G.; AMBROSIO, SERGIO R. Green and Red Brazilian Propolis: Antimicrobial Potential and Anti-Virulence against ATCC and Clinically Isolated Multidrug-Resistant Bacteria. CHEMISTRY & BIODIVERSITY, v. 18, n. 8 AUG 2021. Citações Web of Science: 1.
SANTOS, MARIO FERREIRA CONCEICAO; OLIVEIRA, LARISSA COSTA; RIBEIRO, VICTOR PENA; SOARES, MARISI GOMES; MORAE, GABRIEL DE OLIVEIRA ISAC; SARTORI, ALAN GIOVANINI DE OLIVEIRA; ROSALEN, PEDRO LUIZ; BASTOS, JAIRO KENUPP; DE ALENCAR, SEVERINO MATIAS; VENEZIANI, RODRIGO CASSIO SOLA; AMBROSIO, SERGIO RICARDO. Isolation of diterpenes from Araucaria sp Brazilian brown propolis and development of a validated high-performance liquid chromatography method for its analysis. JOURNAL OF SEPARATION SCIENCE, v. 44, n. 16 JUL 2021. Citações Web of Science: 1.
SILVA, THAYNA DE SOUZA; SILVA, JULIA M. B.; BRAUN, GLAUCIA H.; MEJIA, JENNYFER A. A.; CCAPATINTA, GARI V. C.; CONCEICAO SANTOS, MARIO FERREIRA; TANIMOTO, MATHEUS H.; BASTOS, JAIRO K.; PARREIRA, RENATO L. T.; ORENHA, RENATO P.; BORGES, ALEXANDRE; BERRETTA, ANDRESA A.; VENEZIANI, RODRIGO C. S.; MARTINS, CARLOS H. G.; AMBROSIO, SERGIO R. Green and Red Brazilian Propolis: Antimicrobial Potential and Anti-Virulence against ATCC and Clinically Isolated Multidrug-Resistant Bacteria. CHEMISTRY & BIODIVERSITY, JUN 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.