Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização genômica e funcional de potenciais lncRNAs restritos a melanoma (RMELs)

Processo: 18/04017-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2018 - 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Enilza Maria Espreafico
Beneficiário:Enilza Maria Espreafico
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Assunto(s):Melanoma  Neoplasias 

Resumo

Os genes RMELs, primeiramente descritos pelo nosso grupo em 2010, são potenciais lncRNAs com expressão restrita a melanoma. Alta expressão dos RMELs 2, 3 e 4 (HCCAT5) se associa à BRAFV600E, a principal mutação condutora de tumorigênese em melanoma. Pesquisas em andamento em nosso laboratório indicam que o gene RMEL3 é um alvo das vias de MAPK e PI3K e o transcrito, por sua vez, parece fazer parte de um circuito de retroalimentação positiva dessas vias. Abordagens usando silenciamento e superexpressão indicaram que os quatro lncRNAs, objetos desse estudo, de maneiras e intensidades diferentes, promovem sobrevivência e proliferação de células de melanoma. Análises integradas de genômica e proteômica mostram que o silenciamento dos RMELs em células de melanoma afeta vias centrais relacionadas a proliferação/sobrevivência e resistência terapêutica aos inibidores de BRAF/MEK e imunoterapia. RMEL2 (OVAAL) é superexpresso em um menor número de casos de melanoma e linhagens celulares do que os outros RMELs e, embora o silenciamento de RMEL2 não afete a proliferação em condições normais de adesão, leva a uma redução significativa na capacidade de crescimento independente de ancoragem e mostra indícios de uma relação com resistência do melanoma ao tratamento com terapias alvo-dirigidas (BRAFi/MEKi). O RMEL1 apresenta correlação positiva de expressão com MITF e o programa de diferenciação melanocítica e o RMEL4 parece correlacionar-se com uma assinatura molecular de tumores não responsivos à imunoterapia, sendo que seu silenciamento inverte a assinatura em direção à responsiva. Encorajados por esses resultados, propomos aqui caracterizar esses lncRNAs quanto à estrutura, isoformas, interações moleculares, localização subcelular, capacidade de codificar polipeptídeos e bifuncionalidade. Interações com microRNAs e proteínas serão investigadas através de ensaios usando Luciferase como repórter e pulldown, respectivamente. Estudos funcionais utilizando metodologias de superexpressão e silenciamento (ou knockout por CRISPr) serão conduzidos in vitro e em modelo de tumorigênese em camundongos, visando explorar as funções desses lncRNAs e aplicabilidade em diferentes contextos biológicos e combinações de terapias alvo-dirigidas ou imunoterapia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Estudos genômicos e funcionais de potenciais RNAs longos  
Estudo identifica novas funções de molécula envolvida no melanoma 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DOLCE, LUCIANO G.; SILVA-JUNIOR, RUI M. P.; ASSIS, LEANDRO H. P.; NASCIMENTO, ANDREY F. Z.; ARAUJO, JACKELINE S.; MESCHEDE, INGRID P.; ESPREAFICO, ENILZA M.; DE GIUSEPPE, PRISCILA O.; MURAKAMI, MARIO T. Myosin Va interacts with the exosomal protein spermine synthase. BIOSCIENCE REPORTS, v. 39, n. 3 MAR 29 2019. Citações Web of Science: 0.
CARDOSO, CIBELE; SERAFIM, RODOLFO B.; KAWAKAMI, AKINORI; PEREIRA, CRISTIANO GONCALVES; ROSZIK, JASON; VALENTE, VALERIA; VAZQUEZ, VINICIUS L.; FISHER, DAVID E.; ESPREAFICO, ENILZA M. The lncRNA RMEL3 protects immortalized cells from serum withdrawal-induced growth arrest and promotes melanoma cell proliferation and tumor growth. PIGMENT CELL & MELANOMA RESEARCH, v. 32, n. 2, p. 303-314, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.
ARAUJO, L. F.; SIENA, A. D. D.; PLACA, J. R.; BROTTO, D. B.; BARROS, I. I.; MUYS, B. R.; BIAGI JR, C. A. O.; PERONNI, K. C.; SOUSA, J. F.; MOLFETTA, G. A.; WEST, L. C.; WEST, A. P.; LEOPOLDINO, A. M.; ESPREAFICO, E. M.; SILVA JR, W. A. Mitochondrial transcription factor A (TFAM) shapes metabolic and invasion gene signatures in melanoma. SCIENTIFIC REPORTS, v. 8, SEP 21 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.