Busca avançada
Ano de início
Entree

Componentes da emissão otoacústica produto de distorção em crianças expostas ao fumo passivo

Processo: 17/25548-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2018 - 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Alessandra Spada Durante
Beneficiário:Alessandra Spada Durante
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP). Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Sumitrajit Dhar
Assunto(s):Audiologia 

Resumo

Se a periferia auditiva é madura ao nascimento e quando começa a diminuir com aidade ainda é uma questão sem resposta em humanos, especialmente quando hácondições associadas a fatores de risco auditivos.No presente estudo, estamos particularmente interessados no risco auditivoquanto à exposição ao fumo passivo. A vulnerabilidade do sistema auditivo aotabaco é evidente e a exposição ao fumo passivo durante a infância foiestabelecida como um fator de risco para a perda auditiva (Fabry et al., 2011). Járelatamos um nível de resposta das emissões otoacústicas marcadamentereduzido nas crianças expostas a o fumo passivo (Durante et a., 2013), o que éconsistente com outros relatos em neonatos (Korres et al., 2007; Durante et al.,2011).A presente investigação contribuirá para a caracterização do comportamento doscomponentes da Emissao Otoacústica produto de distorção (EOAPD) em umgrupo de sujeitos de audição normal entre as idades de 0 e 10 anos, com e semexposição ao tabagismo passivo, com freqüências F2 prolongadas até 10 kHz.Métodos: as EOAPD serão registradas de 100 participantes com audição normal(idade 0-10 anos) para f2 fixo entre 0,75-10 kHz usando os níveis primários (L1 /L2 = 55/40 dB FPL). Os estímulos serão calibrados em termos de nível de pressãodireta (FPL) no tímpano. F1 será varrido para uma faixa de relações f2 / f1 de 1,05a 1,5 para cada freqüência f2. Os níveis totais das EOAPD serão estimadosusando o método de mínimos quadrados, e os componentes das EOAPD serãoseparados usando um método inverso-FFT.A hipótese deste projeto é que os componentes das EOAPD sejam afetados deforma diferente pela exposição ao tabagismo passivo em crianças. Os resultadospodem ajudar a compreender a função coclear devido à presença de exposição aotabagismo passivo de acordo com a idade. (AU)