Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do stress oxidativo sobre atividades de tirosina quinase e tirosina fosfatases em células que expressam o receptor do fator de crescimento epidérmico (EGF)

Resumo

Os processos enzimáticos reversíveis de fosforilação e defosforilação em resíduos de tirosina de proteínas estão associados aos processos de transdução de sinal que governam proliferação, diferenciação e transformação celulares. Estes processos são mediados por proteínas tirosina quinase (PTK) e proteínas tirosina fosfatases (pipases). Anteriormente demonstramos substâncias redox. Ex. Ácido ascórbico e diamida, eram capazes de inibir pipases. Esta inibição pode ser revertida pelo fator de crescimento epidérmico (EGF) sugerindo um possível papel regulador das PTK sobre as ptpases. Os objetivos deste projeto são: estudar os mecanismos da inibição das ptpases por agentes redox em células intactas e fazer os estudos correlatos utilizando ptase purificada. As atividades das ptpases serão determinadas usando como substratos: o receptor de EGF fosforilado em tirosina, o peptídeo poli-glu-tyr fosforilado em tirosina e o p-nitrofenilfosfato. A autofosforilação do receptor de EGF em resíduos de tirosina será estudada por técnicas de imunoblot. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)