Busca avançada
Ano de início
Entree

Genômica comparada e filogenômica de moscas-das-frutas do gênero Anastrepha, com ênfase no grupo fraterculus

Processo: 18/06611-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2018 - 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Reinaldo Otávio Alvarenga Alves de Brito
Beneficiário:Reinaldo Otávio Alvarenga Alves de Brito
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Pesq. associados: Carlos Congrains Castillo ; Emeline Boni Campanini
Assunto(s):Tephritidae  Especiação 

Resumo

Moscas-das-frutas do gênero Anastrepha são endêmicas da America do Sul e apresentam várias espécies de grande importância econômica por serem importantes pestes agrícolas, particularmente no grupo fraterculus. Não obstante sua importância econômica, que fomentou a publicação de diversos artigos com relevantes dados genéticos e morfológicos sobre diversas espécies do grupo, existem ainda diversas questões importantes não resolvidas, particularmente acerca das relações filogenéticas entre espécies de Anastrepha e sua história evolutiva. O objetivo desta proposta é gerar dados que permitam estabelecer linhagens evolutivas em espécies de Anastrepha ao longo do Brasil, com um foco especial em espécies do grupo fraterculus, que são as de maior impacto econômico no país. Usando de dados genômicos e transcriptômicos de diversas espécies de Anastrepha e Bactrocera, e ferramentas de bioinformática, selecionaremos 2000 regiões gênicas que serão sequenciadas de mais de 1000 amostras coletadas de diversas espécies de várias partes do Brasil por meio de uma estratégia de captura das regiões alvo e sequenciados na plataforma MiSeq da Illumina. Esta estratégia produzirá fragmentos contínuos de cerca de 500 pb por região genômica, o que permitirá a resolução direta da sua fase gamética. Estes dados serão utilizados para análises populacionais e de coalescência não apenas para determinar as forças evolutivas afetando tais regiões, mas também para inferir a divergência entre populações e espécies do gênero Anastrepha, com ênfase no grupo fraterculus, usando-se de várias estratégias modernas de delimitação de espécies. Os resultados serão úteis auxiliar a identificar linhagens evolutivas distintas e avaliar o fluxo gênico histórico e recorrente entre estas, o que será importante para determinar o status taxonômico de espécies deste grupo. Além disso, estes resultados auxiliarão no entendimento das mudanças genéticas acontecidas durante o processo de especiação deste importante grupo. Finalmente, este projeto permitirá a identificação de marcadores genéticos específicos para as espécies economicamente mais importantes do gênero e deste complexo, inclusive as crípticas, o que, apesar de imensos esforços, tem sido ainda elusivo, o que promete facilitar o estabelecimento de melhores condições para o controle dessas importantes pragas agrícolas. (AU)