Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanoestruturas de carbono: simulação e modelagem

Processo: 18/02992-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2018 - 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Alexandre Fontes da Fonseca
Beneficiário:Alexandre Fontes da Fonseca
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):Simulação de dinâmica molecular  Materiais nanoestruturados 

Resumo

O avanço das técnicas experimentais tem tornado possível a produção e a manipulação, com grande precisão, de diversos tipos de materiais em escala nano. Isso tem motivado a pesquisa de novos materiais funcionais para o desenvolvimento de novas tecnologias e solução de problemas. Em geral, o trabalho de modelagem teórica e simulação computacional contribui em dois aspectos importantes: identifica detalhes que os experimentos não alcançam, auxiliando assim na interpretação dos mesmos; e prevê novas estruturas e/ou novas propriedades em potencial desses materiais. Este projeto consiste de estudos teóricos da estrutura e propriedades físicas de duas classes de nanoestruturas e materiais nanoestruturados à base de carbono: i) puramente orgânicos; e ii) híbridos/organometálicos. O primeiro consiste de estruturas como nanocompósitos poliméricos, estruturas 2D, 3D, fios e folhas de nanotubos de carbono e/ou grafeno, elastômeros, etc. O segundo consiste de nanoestruturas que contém ligações carbono-metal como grafenosubstratos metálicos ou grafeno-nanopartículas metálicas, e organização (ou self-assembly) de nanoestruturas orgânicas em superfícies metálicas. Propriedades mecânicas, estruturais e térmicas desses materiais serão estudadas. Simulações atomísticas por métodos de dinâmica molecular clássica apresentam o melhor custo-benefício no estudo e simulação de propriedades de sistemas contendo milhares de átomos. Potenciais reativos conhecidos como estado-da-arte em simulações clássicas serão utilizados. Modelos para a relação estrutura-propriedade de materiais nanoestruturados serão usados para interpretar os resultados que serão, também, comparados aos experimentais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
O potencial dos nanotubos de carbono como refrigeradores de circuitos elétricos 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias:
Carbon Nanotubes Could Potentially Cool Electronic Circuits 
Study shows the potential of carbon nanotubes to cool electronic circuits 
Study shows the potential of carbon nanotubes to cool electronic circuits 
Study shows the potential of carbon nanotubes to cool electronic circuits 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FONSECA, ALEXANDRE F.; GALVAO, DOUGLAS S. Self-tearing and self-peeling of folded graphene nanoribbons. Carbon, v. 143, p. 230-239, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.