Busca avançada
Ano de início
Entree

Regulação da sinalização NAADP/TPC na autofagia em doenças

Processo: 18/03369-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 05 de novembro de 2018 - 12 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Convênio/Acordo: CONFAP ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil ; UK Academies
Pesquisador responsável:Gustavo José da Silva Pereira
Beneficiário:Gustavo José da Silva Pereira
Pesquisador visitante: Sandip Patel
Inst. do pesquisador visitante: University College London (UCL), Inglaterra
Instituição-sede: Instituto Nacional de Farmacologia (INFAR). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Biologia celular  Autofagia  Macromolécula  Intercâmbio de pesquisadores 

Resumo

A manutenção de níveis intracelulares de macromoléculas, como proteínas e lipídios, é essencial para a eficiência e funcionalidade de processos celulares como crescimento, resposta ao estresse e sobrevivência celular. Esse presente projeto de internacionalização ajudará a desenvolver um modelo de trabalho útil para entender melhor o controle de qualidade e quantidade dos níveis lipídicos intracelulares e da agregação de proteínas, o que pode fornecer informações funcionais sobre os traços adaptativos como mecanismos alimentares e neuroprotetores para futuras implicações clínicas e econômicas. O impacto geral desse projeto colaborativo pode ser resumido nos seguintes pontos principais: 1) Uma maior compreensão dos mecanismos celulares para estudar estratégias para diminuir a acumulação celular indesejada de lipídios e proteínas causadas por multifatores; 2) Novos protocolos para estudos fisiológicos resultarão desse trabalho. A autofagia de lipídeos e agregados ainda são relativamente novos e pouco explorados, assim, o resultado do nosso trabalho fornecerá mais evidências da importância da autofagia em uma nova abordagem em bioquímica e biologia celular. 3) Este projeto tem relevância para o desenvolvimento de novas terapias direcionadas para a modulação da autofagia específica, que é de interesse significativo para a indústria, por exemplo. Portanto, a oportunidade de obter financiamento adicional e desenvolver novas colaborações é alta. Durante o período da visita, o professor irá interagir e colaborar com pesquisadores do Departamento de Farmacologia com diferentes áreas científicas, o que será importante para uma experiência valiosa em termos de novas técnicas experimentais, métodos de análise e melhoria científica para estudantes. Esta troca de experiências trará uma melhoria significativa de habilidades e conhecimentos. Isso também inclui a oportunidade de entrar em contato com uma extensa rede, contribuindo para fortalecer a cooperação internacional brasileira que favorece programas de mobilidade institucional, elementos-chave no desenvolvimento de pesquisas de alta qualidade em sinalização de cálcio, autofagia e doenças. (AU)