Busca avançada
Ano de início
Entree

Peptídeos Antimicrobianos: Mecanismos de ação e impacto em Terapia Intensiva

Processo: 18/06124-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2018 - 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Fabiano Pinheiro da Silva
Beneficiário:Fabiano Pinheiro da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Denise Frediani Barbeiro ; Hermes Vieira Barbeiro ; Nadja Cristhina de Souza Pinto ; Thais Martins de Lima Salgado
Assunto(s):Resposta imune  Terapia intensiva  Inflamação  Mitocôndrias  Dano ao DNA  Peptídeos catiônicos antimicrobianos 

Resumo

Peptídeos Antimicrobianos (AMPs) são moléculas extremamente bem conservadas do ponto de vista evolutivo, porém seus mecanismos de ação permanecem pouco compreendidos. Além da sua atividade microbicida direta, diversos efeitos sobre a resposta imune, em diferentes condições patológicas, têm sido amplamente descritos. Nosso grupo tem demonstrado, no entanto, que dependendo da doença de base e do contexto celular, os peptídeos antimicrobianos são capazes de exercer efeitos completamente opostos. No intuito de compreendermos melhor este fato, pretendemos induzir doenças complexas frequentes no ambiente de Terapia Intensiva, em animais selvagens e deficientes em CRAMP, um peptídeo antimicrobiano que tem sido amplamente estudado nas últimas décadas, a fim de investigar seus efeitos imuno-inflamatórios, no metabolismo mitocondrial e em vias de dano e reparo ao DNA. O material biológico colhido em tais modelos será usado em experimentos de Imunologia e Biologia Molecular. Acreditamos que iremos, deste modo, desvendar novos mecanismos moleculares das doenças estudadas e avançar de maneira significativa na compreensão do papel dos Peptídeos Antimicrobianos em doenças complexas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CERMARIA SOARES DA SILVA, BEATRIZ HELENA; ARIGA, SUELY KUBO; BARBEIRO, HERMES VIEIRA; VOLPINI, RILDO APARECIDO; BARBEIRO, DENISE FREDIANI; SEGURO, ANTONIO CARLOS; DA SILVA, FABIANO PINHEIRO. Cathelicidin protects mice from Rhabdomyolysis-induced Acute Kidney Injury. INTERNATIONAL JOURNAL OF MEDICAL SCIENCES, v. 18, n. 4, p. 883-890, 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.