Busca avançada
Ano de início
Entree

A Toxicologia das Novas Substâncias Psicoativas (NSP): epidemiologia do consumo através da análise de amostras de cabelo e fluido oral

Processo: 18/00432-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2018 - 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:José Luiz da Costa
Beneficiário:José Luiz da Costa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Karina Diniz Oliveira ; Marcos Nogueira Eberlin
Assunto(s):Espectrometria de massas  Toxicologia forense  Saliva  Cabelo  Cromatografia líquida 

Resumo

O abuso de substâncias psicoativas é um grande problema social e de saúde pública em todo o mundo. As Novas Substâncias Psicoativas (NSP) representam o grupo de drogas de abuso de maior relevância na atualidade, tanto pela enorme diversidade de substâncias que compõe o grupo quanto pela falta de dados toxicológicos ou epidemiológicos de uso. As NSPsão substâncias ou misturas de substâncias psicoativas produzidas em laboratórios clandestinos, por síntese química a partir de substâncias precursoras encontradas ou não na natureza. Podem ser sintetizadas por pequenas modificações na estrutura de moléculas que já possuam atividade biológica conhecida. São utilizadas muitas vezes para proporcionar ao usuário efeitos semelhantes aos produzidos pelas drogas de abuso "tradicionais", porém sem a classificação de substância ilícita ou controladas internacionalmente, como a cocaína, metanfetamina, 3,4-metilenodioximetanfetamina (MDMA) e dietilamida do ácido lisérgico (LSD). As NSP se tornaram um grave problema de saúde pública, havendo relatos em todo o mundo de hospitalizações e mortes de usuários após intoxicações graves por estes agentes. Diversos países possuem informes periódicos ou recorrentes sobre as substâncias de abuso do tipo NSP identificadas em apreensões policiais ou em cenário de festas (onde estas substâncias são comumente consumidas), o que ainda não ocorre no Brasil. Esse tipo de informação dá respaldo não só epidemiológico e estatístico, como auxilia no entendimento das variações sobre o tráfico e consumo de drogas por período de tempo (mês ou ano) e região do país. Além disso, pode auxiliar centros de intoxicações a estarem preparados para as possíveis intoxicações causadas por estes novos agentes tóxicos. Este projeto tem por objetivo gerar os primeiros dados epidemiológicos referentes ao uso de NSP no estado de São Paulo, através da análise das amostras de fluido oral e cabelo coletadas em festas de música eletrônica (local primordial onde estas substâncias são utilizadas). Espera-se obter os primeiros dados sobre o consumo deste novo e importante grupo de drogas de abuso em nosso país, a fim de se estabelecer quais as principais substâncias em circulação e sua respectiva permanência no meio festivo a medida em que a legislação nacional inclui as NSP detectadas pelas forças policiais na lista de substâncias proscritas. Com este objetivo, o projeto irá ainda auxiliar os centros de toxicologia clínica, no aprimoramento diagnóstico clínico e laboratorial das intoxicações pelas diferentes classes de NSP, garantindo um tratamento médico mais rápido e seguro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
A serviço da justiça 

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA CUNHA, KELLY FRANCISCO; RODRIGUES, LEONARDO COSTALONGA; HUESTIS, MARILYN A.; COSTA, JOSE LUIZ. Miniaturized extraction method for analysis of synthetic opioids in urine by microextraction with packed sorbent and liquid chromatography-tandem mass spectrometry. Journal of Chromatography A, v. 1624, AUG 2 2020. Citações Web of Science: 1.
DA CUNHA, KELLY FRANCISCO; LANARO, RAFAEL; MARTINS, ALINE FRANCO; OLIVEIRA, KARINA DINIZ; COSTA, JOSE LUIZ. Use of injection-port derivatization for the analysis of cocaine and its metabolites in urine by gas chromatography-tandem mass spectrometry. Forensic Toxicology, AUG 2020. Citações Web of Science: 0.
DE MORAIS, DAMILA RODRIGUES; DA CUNHA, KELLY FRANCISCO; RODRIGUES, TAIS BETONI; LANARO, RAFAEL; BARBOSA, LILIAN DE MELO; ZACCA, JORGE JARDIM; EBERLIN, MARCOS NOGUEIRA; COSTA, JOSE LUIZ. Triple quadrupole-mass spectrometry protocols for the analysis of NBOMes and NBOHs in blotter papers. Forensic Science International, v. 309, APR 2020. Citações Web of Science: 0.
RODRIGUES DE MORAIS, DAMILA; CAMPELO, JACQUELINE DE MORAIS; RAZZO, DANIEL; EBERLIN, MARCOS NOGUEIRA; COSTA, JOSE LUIZ; SANTOS, JANDYSON MACHADO. Forensic determination of crossing lines involving stamp and pen inks by mass spectrometry imaging. ANALYTICAL METHODS, v. 12, n. 7, p. 951-958, FEB 21 2020. Citações Web of Science: 0.
RODRIGUEZ CABAL, LUIS FELIPE; VARGAS MEDINA, DEYBER ARLEY; COSTA, JOSE LUIZ; LANCAS, FERNANDO MAURO; SANTOS-NETO, ALVARO JOSE. Determination of ring-substituted amphetamines through automated online hollow fiber liquid-phase microextraction-liquid chromatography. ANALYTICAL AND BIOANALYTICAL CHEMISTRY, v. 411, n. 29, p. 7889-7897, NOV 2019. Citações Web of Science: 0.
COSTA, JOSE LUIZ; CUNHA, KELLY FRANCISCO; LANARO, RAFAEL; CUNHA, RICARDO LEAL; WALTHER, DONNA; BAUMANN, MICHAEL H. Analytical quantification, intoxication case series, and pharmacological mechanism of action for N-ethylnorpentylone (N-ethylpentylone or ephylone). DRUG TESTING AND ANALYSIS, v. 11, n. 3, p. 461-471, MAR 2019. Citações Web of Science: 4.
DA CUNHA, KELLY FRANCISCO; EBERLIN, MARCOS NOGUEIRA; HUESTIS, MARILYN A.; COSTA, JOSE LUIZ. NBOMe instability in whole blood. Forensic Toxicology, v. 37, n. 1, p. 82-89, JAN 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.