Busca avançada
Ano de início
Entree

Plano de desenvolvimento institucional na área de transformação digital: manufatura avançada e cidades inteligentes e sustentáveis (PDIp)

Processo: 17/50343-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Modernização de Institutos Estaduais de Pesquisa
Vigência: 01 de maio de 2018 - 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica
Pesquisador responsável:Zehbour Panossian
Beneficiário:Zehbour Panossian
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Tecnológicas S/A (IPT). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisadores principais:Agenor de Toledo Fleury ; Anarosa Alves Franco Brandão ; Antonio Carlos Seabra ; Carlos Eduardo Cugnasca ; Chang Chiann ; Cíntia Borges Margi ; Denis Fernando Wolf ; Edson Denner Leonel ; Fabio Kon ; Fabio Prates Machado ; Fernando Antônio Medeiros Marinho ; Gregório Cardoso Tápias Ceccantini ; Homero Delboni Junior ; José Alberto Quintanilha ; José Luís de Paiva ; Juliana Gardenalli de Freitas ; Luciana Wasnievski da Silva de Luca Ramos ; Mario Ricardo Gongora Rubio ; Maurício Pinheiro de Oliveira ; Maurício Vicente Donadon ; Mauro de Mesquita Spinola ; Pedro Henrique Santin Brancalion ; Pedro Luiz Pizzigatti Corrêa ; Rafael Giuliano Pileggi ; Raquel Gonçalves ; Roberto Guardani ; Ronaldo Domingues Mansano ; Sergio Takeo Kofuji ; Solange Nice Alves de Souza ; Song Won Park ; Thiago Martins ; Wilhelmus Adrianus Maria van Noije
Auxílios(s) vinculado(s):18/17359-5 - EMU concedido no processo 2017/50343-2: máquina universal de ensaios, AP.EMU
Bolsa(s) vinculada(s):19/01664-6 - Aplicação do aprendizado de máquina na Internet das Coisas que compõem o ecossistema ciber-físico das cidades inteligentes, BE.PQ
18/26226-9 - Estudo de modelos de simulação e otimização utilizando informações geradas em ambientes das cidades inteligentes e da indústria 4.0, BE.PQ
19/04167-3 - Caracterização e modelagem de distorção geométrica em compósitos termoplásticos, BP.DR
+ mais bolsas vinculadas 19/03453-2 - Sensor inercial micro-eletro-mecânico para cidades inteligentes, BP.DR
18/26592-5 - Desenvolvimento de um modelo de previsão em tempo real para demanda e reservação com dados Big Data na indústria da água, BP.MS
18/21279-7 - Estruturação de informações geoespaciais em ambiente Big Data para suporte à decisão, BP.MS
18/23052-0 - Interoperabilidade na camada de aplicação em sistemas ciber-físicos, BP.MS
18/15869-6 - Aplicação de nós sensores no monitoramento de variáveis do solo associadas a escorregamentos, BP.MS - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Cidades inteligentes  Modelos matemáticos  Manufatura avançada  Sustentabilidade 

Resumo

Empresas e governos têm visto a transformação digital (ou digitização) de processos e serviços como meio de alcançar maior produtividade, maior eficácia e de aumentar a customização dos produtos, serviços e processos ofertados à sociedade. A melhoria de desempenho e a diferenciação decorrentes dessa transformação ainda não foram totalmente capturadas pelas empresas e pela administração pública. De maneira geral, as soluções demandadas pela transformação digital de cidades ou de processos de manufatura combinam serviços avançados de conectividade e automação, computação em nuvem, sensores dedicados, impressão 3D, capacidade de conexão, processos computadorizados, algoritmos inteligentes e Internet das Coisas. O processo de implantação dessa transformação no país requer o esforço combinado de empresas, governo e Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs - de referência. Entende-se que o IPT esteja apto a se tornar uma destas ICTs de referência. Nesse Plano de Desenvolvimento Institucional de Pesquisa - PDIP, a Instituição se propõe a abordar o tema Transformação Digital por dois eixos de pesquisa - Manufatura Avançada e Cidades Inteligentes e Sustentáveis - que se coadunam com a missão do Instituto de desenvolver e aplicar soluções tecnológicas para aumentar a competitividade das empresas e promover a qualidade de vida da população. Para tal será necessário ampliar e reforçar a capacitação material e humana do IPT para pesquisa em temas centrais dentro daqueles eixos, como, por exemplo, sistemas ciberfísicos, sensoriamento e modelagem matemática, o que se pretende atingir com a implantação do presente PDIP. Prevê-se a implementação do Plano por meio de ações em quatro instâncias: Infraestrutura, Recursos Humanos, Capacitação Digital e Geração de Protótipos a partir de atividades experimentais. Os resultados esperados pelo IPT com a implementação do PDIP são: - Criar as bases de um polo de pesquisa em Transformação Digital tendo como instituições-âncora o próprio IPT e a Universidade de São Paulo; - Ampliar o portfólio de pesquisa do Instituto e intensificar a interação com empresas e sociedade; - Alterar o perfil de atividades do Instituto de modo a privilegiar a capacidade de conduzir pesquisa aplicada e gerar inovação. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Bolsa de Jovem Pesquisador em fluidodinâmica computacional  
Doutorado em Ciências dos Dados Aplicadas a Geociências com Bolsa da FAPESP 
Oportunidades em Engenharia de Materiais no IPT com Bolsa da FAPESP  
Pós-doutorado em Metrologia com bolsa da FAPESP  
Oportunidade em manufatura avançada no IPT com Bolsa da FAPESP 
Bolsa da FAPESP para pós-doutorado em gerenciamento de áreas contaminadas 
Pós-doutorado em Engenharia Eletrônica e Mecânica com bolsa da FAPESP 
Pós-doutorado em Geofísica com bolsa da FAPESP 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.