Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do impacto de vírus emergentes e re-emergentes em hemoterapia e transplante de células-tronco por meio de técnicas moleculares avançadas

Processo: 17/23205-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de agosto de 2018 - 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Svetoslav Nanev Slavov
Beneficiário:Svetoslav Nanev Slavov
Instituição-sede: Hemocentro de Ribeirão Preto. Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (HCMRP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados: Ana Cristina Silva Pinto ; Anna Maria Eis-Huebinger ; Belinda Pinto Simoes ; Caro Valerie ; Clarisse Martins Machado ; Dimas Tadeu Covas ; Gil Cunha de Santis ; Jose Mauro Kutner ; Mathias Vandenbogaert ; Nelson Hamerschlak ; Sanny Marcele da Costa Lira ; Sauvage ; Simone Kashima Haddad ; Syria Laperche
Bolsa(s) vinculada(s):19/07861-8 - Desenvolvimento de um pipeline de bioinformática para identificação de doenças infecciosas emergentes em pacientes em regime de transfusão crônica, BP.MS
19/08528-0 - Aplicação de métodos de bioinformática para identificação de infecções virais com impacto em hemoterapia, BP.MS
18/22009-3 - Aditividades de suporte técnico na coleta de amostras e técnicas moleculares em pacientes com anemia falciforme submetidos a múltiplas transfusões, BP.TT
18/15826-5 - Avaliação do impacto de vírus emergentes e re-emergentes em hemoterapia e transplante de células-tronco por meio de técnicas moleculares avançadas, BP.JP
Assunto(s):Serviço de hemoterapia  Transfusão de sangue  Metagenômica  Transplantados  Análise de sequência de DNA  Células-tronco  Arbovirus 

Resumo

Nas últimas décadas, a atenção científica esteve amplamente voltada a uma área específica da virologia clínica que engloba os vírus emergentes e re-emergentes. Atribui-se isso ao fato desses agentes infecciosos terem sido reconhecidos como uma ameaça constante à saúde humana. Muitos deles podem ser transmitidos por procedimentos hemoterápicos, principalmente pela aplicação de hemoderivados e transplantes de células-tronco hematopoéticas (TCTH). Na maioria dos casos, as viroses emergentes estão representadas por vírus zoonóticos com ciclos naturais exóticos, que são transmitidos por vetores artrópodes. Sua disseminação entre a população humana pode estar relacionada a surtos de alta morbidade com muitas infecções assintomáticas que, por sua vez, podem impactar o processo hemoterápico. No Brasil, não foram desenvolvidos estudos abrangentes sobre tais infecções e sua ameaça real para os processos hemoterápicos é subestimada e pouco conhecida. Portanto, esta proposta visa investigar o impacto das viroses emergentes na área da hemoterapia utilizando sequenciamento de última geração e análise do metagenoma viral. Para tal finalidade, os estudos serão realizados em amostras de plasma obtidas de pacientes submetidos a TCTH, pacientes politransfundidos e unidades de sangue reprovadas. Outro objetivo desse projeto é uma avaliação contínua da prevalência de diferentes infecções arbovirais na população de doadores voluntários de sangue da região Noroeste do Estado de São Paulo. Esta região geográfica é sujeita a frequentes surtos de diversos arbovírus. Assim, este projeto contribuirá positivamente na compreensão do impacto dos vírus emergentes para a hemoterapia e capacitará os pesquisadores brasileiros na área de análise metagenômica e o sequenciamento de última geração. Esta proposta representa uma nova linha de pesquisa em centro de pesquisa já consolidado e conta com colaborações nacionais de importantes centros clínicos como o Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, Hospital Israelita "Albert Einstein", São Paulo, e a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP. Além disso, haverá a participarão de pesquisadores internacionais de importantes centros de virologia clínica e bioinformática da França e Alemanha (Instituto Pasteur; Centro de Transfusão Sanguínea de Paris, França; Instituto de Virologia da Universidade de Bonn, Alemanha). Por fim, esta proposta permitirá estabelecer um grupo multicêntrico e multidisciplinar de pesquisa em vírus emergentes e hemoterapia/transplantes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Mestrado em Bioinformática na USP com bolsa da FAPESP 

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SLAVOV, S. N.; CHRISTOVA, I. S.; FERREIRA, A. R.; RODRIGUES, E. S.; BIANQUINI, M. L.; HESPANHOL, M. R.; COVAS, D. T.; KASHIMA, S. Serological evidence of Borrelia circulation among blood donors in the Sao Paulo state, Brazil. Transfusion Medicine, v. 29, n. 5, p. 358-363, OCT 2019. Citações Web of Science: 0.
SLAVOV, SVETOSLAV N.; MACONETTO, JULIANA D. M.; MARTINEZ, EDSON Z.; SILVA-PINTO, ANA CRISTINA; COVAS, DIMAS T.; EIS-HUEBINGER, ANNA MARIA; KASHIMA, SIMONE. Prevalence of hepatitis E virus infection in multiple transfused Brazilian patients with thalassemia and sickle cell disease. Journal of Medical Virology, v. 91, n. 9, p. 1693-1697, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
SLAVOV, SVETOSLAV N.; RODRIGUES, EVANDRA S.; SAUVAGE, VIRGINIE; CARO, VALERIE; DIEFENBACH, CRISTIANE F.; ZIMMERMANN, ANA M.; COVAS, DIMAS T.; LAPERCHE, SYRIA; KASHIMA, SIMONE. Parvovirus B19 seroprevalence, viral load, and genotype characterization in volunteer blood donors from southern Brazil. Journal of Medical Virology, v. 91, n. 7, p. 1224-1231, JUL 2019. Citações Web of Science: 0.
SLAVOV, SVETOSLAV NANEV; SILVEIRA, ROBERTA MARANINCHI; RODRIGUES, EVANDRA STRAZZA; DIEFENBACH, CRISTIANE FRACAO; ZIMMERMANN, ANA MARIA; COVAS, DIMAS TADEU; KASHIMA, SIMONE. Human pegivirus-1 pegivirus-1 (HPgV-1, GBV-C) RNA prevalence and genotype diversity among volunteer blood donors from an intra-hospital hemotherapy service in Southern Brazil. TRANSFUSION AND APHERESIS SCIENCE, v. 58, n. 2, p. 174-178, APR 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.