Busca avançada
Ano de início
Entree

Xanthomonas citri subsp. citri, agente causal do cancro cítrico: epidemiologia molecular e avaliação de bacteriófagos líticos como agentes para biocontrole

Processo: 17/50454-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2018 - 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Convênio/Acordo: BBSRC, UKRI ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil
Pesquisador responsável:Henrique Ferreira
Beneficiário:Henrique Ferreira
Pesq. responsável no exterior: Mark Charles Enright
Instituição no exterior: Manchester Metropolitan University (MMU), Inglaterra
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Cancro (doença de planta)  Xanthomonas citri  Controle biológico de vetores  Bacteriófagos  Genômica  Epidemiologia 
Publicação FAPESP:https://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/fapesp_uk_FdypzJF_42_42.pdf

Resumo

O Cancro Cítrico Asiático (ACC) é uma doença séria, incurável, e que ameaça a produção de laranjas doce no estado de São Paulo - uma indústria estratégica economicamente. ACC é causada pela bactéria Xanthomonas citri subsp. citri. A infecção de plantas com esta bactéria leva à necessidade de remoção e destruição de árvores e a prevenção da doença normalmente se dá mediante uso de sprays de formulações a base de cobre, um bactericida bio-cumulativo e danoso ao meio-ambiente. Neste projeto, examinaremos a diversidade genética atual de isolados de X. citri provenientes de áreas com plantas infectadas no estado de São Paulo utilizando para tal sequenciamento de genomas completos. Isto nos permitirá uma maior compreensão de como este patógeno está se espalhando em uma situação de endemismo - após as mudanças de legislação que possibilitam e presença da bactéria nos pomares. Além disto, esta informação nos fornecerá conhecimento sobre a biologia populacional atual desta bactéria. Subsequentemente, isolaremos e caracterizaremos vírus específicos para X. citri (bacteriófagos). Os bacteriófagos são alternativos aos antibióticos em saúde humana e têm sido utilizados há tempos na indústria de alimentos, ex. para controlar a contaminação de queijos por Listeria. Bacteriófagos foram também usados no controle de infecções bacterianas em tomate e pimentão nos Estados Unidos da América. Isolaremos e caracterizaremos uma coleção destes vírus a partir de tecidos vegetais infectados e avaliaremos o seu potencial uso para o biocontrole de ACC. Este projeto servirá como base para projeto maior onde incluiremos estudos protetivos e curativos de plantas infectadas por X. citri - onde bacteriófagos serão utilizados como defensivos e/ou métodos de cura de citros. Finalmente, estudaremos as bases moleculares da interação vírus/bactéria na busca por estruturas ou ligantes fágicos que possam servir para a construção de quiméras ligante-moléculas matadoras no desenvolvimento de um defensivo específico para biocontrole. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.