Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese, purificação e caracterização das gonadotrofinas de pirarucu (Arapaima gigas): ag-FSH e ag-LH

Processo: 17/26369-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2018 - 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:João Ezequiel de Oliveira
Beneficiário:João Ezequiel de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Carlos Roberto Jorge Soares ; Cibele Nunes Peroni ; Miriam Fussae Suzuki
Bolsa(s) vinculada(s):19/07343-7 - Clonagem e caracterização de prolactina do peixe Arapaima gigas (pirarucu), BP.TT
Assunto(s):Gonadotrofinas 

Resumo

O Arapaima gigas (pirarucu) é encontrado nas bacias hidrográficas do Amazonas, do São Francisco e do Nordeste, sendo uma espécie importante para o extrativismo regional e a criação comercial no Brasil. Consta na lista de animais sobre explorados do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA) e em perigo de extinção e também na lista vermelha como "Data deficient". Além disto, temos que considerar que os peixes criados em cativeiro, de um modo geral apresentam dificuldade na ovulação e na espermiação e falências reprodutivas ligadas a fatores hormonais do eixo hipotálamo-hipófise. No intuito de investigar a fisiologia do A. gigas, podendo assim chegar a controlar e melhorar sua capacidade reprodutiva especialmente no cativeiro, nós propomos, no presente estudo sintetizar, purificar e caracterizar extensivamente as gonadotrofinas desta espécie: ag-FSH e ag-LH. O nosso grupo de pesquisa, após ter clonado e caracterizado o cDNA da subunidade ±, comum aos dois hormônios, com relativa publicação dos dados obtidos na revista Fish Physiology and Biochemistry, realizou projeto FAPESP de auxílio (Proc. N. 2012/10779-2) cuja proposta era, além da clonagem dos respectivos cDNAs das cadeias ²-FSH e ²-LH, a expressão e caracterização dos dois hormônios. A síntese, infelizmente, não foi alcançada pelas razões descritas no relatório final do Projeto, mas, subsequentemente ao encerramento do auxílio e unicamente para o ag-FSH, foi obtida uma expressão e caracterização preliminar em células HEK293, que foi relatada em recente publicação na revista PlosOne. A meta do presente projeto é, portanto, a realização da síntese, purificação e caracterização dos dois hormônios, incluindo todos os testes físico-químicos e biológicos necessários para que estes possam ser utilizados em investigação nas áreas de endocrinologia e reprodução do A. gigas, considerado o maior peixe de agua doce existente e que representa uma grande reserva alimentícia e económica para a região. Já está sendo estudada a viabilização da aplicação destes dois hormônios em Arapaima gigas em colaboração com a equipe da Embrapa Pesca e Aquicultura de Palmas (TO), especializada no estudo da condição reprodutiva deste peixe. Será encaminhada também solicitação de Bolsa de Doutorado FAPESP, relativa aos últimos dois anos, para a MSc Thais Sevilhano que realizará grande parte destas atividades. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.