Busca avançada
Ano de início
Entree

História pública 2018: 5ª conferência anual da federação internacional de história pública e 4º Simpósio Internacional da Rede Brasileira de história pública

Processo: 18/10066-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 21 de agosto de 2018 - 24 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História
Pesquisador responsável:Ricardo Santhiago Corrêa
Beneficiário:Ricardo Santhiago Corrêa
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):História pública  Memória  Divulgação científica  Patrimônio  História oral 

Resumo

O evento congregará o 4º Simpósio Internacional da Rede Brasileira de História Pública e o 5º Encontro Anual da Federação Internacional de História Pública, consolidados na América Latina e no mundo, respectivamente, como os principais fóruns de análise sobre as práticas e as reflexões em torno da história pública, tema emergente que vem recebendo atenção crescente nos últimos anos, induzindo publicações, projetos de pesquisa, simpósios, cursos de graduação e pós-graduação. O evento consistirá em um espaço de troca de experiências entre pesquisadores, professores, profissionais e estudantes, visando dinamizar e fortalecer as possibilidades de interlocução e cooperação internacional e os laços entre a comunidade acadêmica brasileira e internacional. Esta edição do evento contará com participantes confirmados dos cinco continentes e das cinco regiões brasileiras, em diferentes modalidades. Serão realizadas conferências internacionais, mesas redondas plenárias, sessões de comunicação multilíngue, apresentações de pôsteres, além de apresentações artísticas, lançamentos de livros, sessões audiovisuais. Entre as várias abordagens previstas, estão: a difusão de conhecimento histórico para públicos mais amplos; a ampliação dos horizontes de atuação profissional para o historiador; a exploração de novas linguagens e recursos na produção historiográfica; o impacto social e público da produção acadêmica; a ampliação de metodologias de ensino da disciplina de História, especialmente voltadas ao ensino básico; os usos do passado; a função da história pública na divulgação e no gerenciamento do patrimônio material e imaterial; celebrações, comemorações e memoriais; cruzamentos com outras áreas de conhecimento aplicado, como o jornalismo, o turismo e a produção editorial; a relação entre história e literatura, em âmbitos variados como as biografias, os testemunhos, a ficção histórica; a história digital e as novas mídias; a produção colaborativa do conhecimento histórico. (AU)