Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto do perfil proteico-molecular da recombinação homóloga na evolução clínica dos Adenocarcinomas gástricos

Processo: 17/24081-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2018 - 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Mariangela Ottoboni Brunaldi
Beneficiário:Mariangela Ottoboni Brunaldi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Alexandre Todorovic Fabro ; Alfredo Ribeiro da Silva
Assunto(s):Recombinação homóloga  Metilação 

Resumo

O adenocarcinoma gástrico é um problema de saúde pública mundial, de etiologia multifatorial que envolve condições genéticas/epigenéticas e ambientais. O desenvolvimento do adenocarcinoma é caracterizado por uma série complexa de fenômenos que ocorrem ao nível do DNA, tanto reparo inadequado propiciando acúmulo de mutações e instabilidade genética, quanto alterações epigenéticas com um padrão de metilação anômalo e modificações em histonas. A quebra de dupla-fita representa a maior ameaça à integridade do DNA, sendo a recombinação homóloga (RH) uma das principais vias de reparo. Uma ampla rede de proteínas está envolvida na RH para detectar, sinalizar e reparar o dano ao DNA. As proteínas funcionalmente mais importantes são: BRCA1, BRCA2, ATM, ATR, MDC1 e complexo MRE11-RAD50- NBS1, entre outras. A perda da expressão de BRCA1 e de MDC1 tem sido indicada como fator preditivo no desenvolvimento e progressão tumoral gástrica. O objetivo do nosso estudo será avaliar a participação da recombinação homóloga associada a alterações epigenéticas em adenocarcinomaes gástricos. Para tal, serão analisadas, em amostras congeladas de adenocarcinomas gástricos, a metilação de genes relacionados à RH (BRCA1, BRCA2, FEN1, MRE11A, RAD50, RAD51, ATM) por qPCR array metilação-específica, e a transcrição em mRNA desses mesmos genes por RT-qPCR array. Também será avaliada a expressão de proteínas relacionadas à RH (BRCA1, BRCA2, ATM, ATR, CHK2, ³H2AX, RAD51, p53) por imuno-histoquímica em amostras incluídas em parafina dos mesmos casos de adenocarcinoma. (AU)