Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise Abrangente do Perfil de Matrizes Extracelulares e de Patógenos Imunes na Granulomatose Pulmonar de Etiologia Inexplicada

Resumo

Este estudo analisou o tipo 1 e tipo 2 T helper (Th-1 / Th-2)citoquinas (incluindo interleucinas), imunocelular, perfil da matriz epatógenos em granulomas com etiologia não explicada eetiologia infecciosa e não infecciosa. Biópsias pulmonares cirúrgicas de 108os pacientes foram revisados retrospectivamente. Histoquímica,imunohistoquímica, imunofluorescência, morfometria e polimerasereação em cadeia (PCR) foram empregados, respectivamente, para avaliarfibras de colágeno e elastina, colágeno I e III, células imunes, citocinas,metaloproteinase-9 (MMP-9), miofibroblastos e múltiplos fármacospatógenos incomuns. Não foi encontrada expressão de PCR relevante paragranulomas inexplicados. Uma diferença significativa foi encontrada entre osnúmero absoluto de eosinófilos, macrófagos e linfócitos emgranulomas em comparação com o tecido pulmonar não envolvido. Granulomas cometiologia inexplicada (UEG) apresentou aumento do número de eosinófilos,alta expressão de interleucinas (IL) IL-4 / L-5 e crescimento de transformadoresfator beta (TGF-²). Na sarcoidose, o número de células CD4 / CD8 foisignificativamente maior dentro e fora dos granulomas, respectivamente; aoposto foi detectado na pneumonite de hipersensibilidade. Mais uma vez,diferença significativa foi encontrada entre o elevado número demiofibroblastos e MMP-9 na UEG, pneumonite por hipersensibilidade esarcoidose em comparação com granulomas de tuberculose. Granulomas deparacoccidioisis exibiu aumento de colágeno tipo I e fibras elásticas.O perfil imune celular Th1 foi semelhante entre os granulomas com inexplicadoetiologia, infecciosa e não infecciosa. Em contraste, a modulação de Th2e remodelamento da matriz foi associado com mais fibroelastogênese ecicatrização do tecido pulmonar na UEG em comparação com infecções infecciosas e não infecciosas.Concluímos que IL-4 / IL-5 e TGF-² podem ser empregados como substitutosmarcadores de fibrose precoce diminuindo a ne (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)