Busca avançada
Ano de início
Entree

Burkholderia spp. na cultura de cana-de-açúcar: a relação entre a produção de antifúngico, resistência intrínseca à antimicrobianos e o controle de pragas

Processo: 17/50447-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2018 - 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Convênio/Acordo: BBSRC, UKRI ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil
Pesquisador responsável:Welington Luiz de Araújo
Beneficiário:Welington Luiz de Araújo
Pesq. responsável no exterior: Miguel Valvano
Instituição no exterior: Queen's University Belfast, Irlanda do Norte
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fungos fitopatogênicos  Arabinose  Diatraea saccharalis  Complexo Burkholderia cepacia  Controle biológico  Expressão gênica  Antifúngicos  Cana-de-açúcar 
Publicação FAPESP:https://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/fapesp_uk_x1gKDc1_80_80.pdf

Resumo

Burkholderia spp. é o principal componente da comunidade bacteriana cultivável de cana-de-açúcar. Os membros deste gênero produzem compostos antifúngicos e apresentam potencial como agentes de controle de fitopatógenos e promoção de crescimento vegetal. No entanto, o complexo Burkholderia cepacia (Bcc) é descrito como potenciais patógenos oportunistas da infecção pulmonar e apresentam resistência intrínseca a antimicrobianos (iAMR) de diferentes classes, incluindo os peptídeos antimicrobianos. A iAMR é multifatorial e estudos anteriores demonstraram que a produção de hopanoides, polia minas e modificações de polissacarídeos de superfície celular proporcionam este alto nível de resistência e aumento da virulência bacteriana no modelo de infecção Galleria mellonella (Lepdoptera: Pyralidae). No entanto, a relação entre iAMR e produção antifúngica não está estabelecida, mas nossos resultados anteriores mostraram que as cepas com resistência antimicrobiana apresentam maior capacidade de inibir fungos patogênicos. Assim, esta proposta explorará uma hipótese de que a produção de antifúngicos desencadeia iAMR influenciando a produção de hopanóides de membrana e poliaminas e modificações nos polissacarídeos de superfície celular. Nosso primeiro objetivo será avaliar em Burkholderia spp. a relação entre a organização e a expressão dos clusters de genes de síntese de hopanóides, iAMR e produção de antifúngicos. Além disso, avaliaremos a organização e expressão de grupos de genes de cápsulas e lipopolissacarídeos em Burkholderia spp. e a sua relação com a iAMR e a síntese de compostos antifúngicos, bem como a expressão de genes de poliaminas. Como observamos que B. seminalis exibe alta virulência na G. mellonella, nosso segundo objetivo avaliará B. seminalis como agente de biocontrole de Diatraea saccharalis (Lepdoptera: Crambidae), uma importante praga de cana-de-açúcar. Esta proposta abordará os mecanismos subjacentes associados à produção antifúngica e iAMR, e nos permitirá traduzir essa informação em abordagens práticas para o desenvolvimento de um sistema de controle biológico de pragas e doenças fúngicas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROMANO DE OLIVEIRA GONCALVES, PRISCILA JANE; HUME, CARMEN C. DENMAN; FERREIRA, ALMIR JOSE; TSUI, SARINA; BROCCHI, MARCELO; WREN, BRENDAN W.; ARAUJO, WELINGTON LUIZ. Environmental interactions are regulated by temperature in Burkholderia seminalis TC3.4.2R3. SCIENTIFIC REPORTS, v. 9, APR 2 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.