Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação e caracterização de proteínas de membrana envolvidas no transporte e metabolismo de ferro em Leishmania

Resumo

Os protozoários do gênero Leishmania são responsáveis pelas doenças genericamente conhecidas como leishmanioses que afetam seres humanos em todo o mundo. Esses organismos são parasitas digenéticos que na fase intracelular do seu ciclo de vida são chamados de amastigotas e residem no vacúolo parasitóforo dos macrófagos de mamíferos. Os processos que levam à diferenciação da forma promastigota, encontrada no inseto vetor, para a forma amastigota são alvos de muitos estudos, uma vez que as amastigotas são capazes de sobreviver e replicar nos macrófagos, apesar do arsenal de defesa dessas células. Uma das condições críticas encontrada pela Leishmania no macrófago é a carência de nutrientes, dentre eles o ferro, fundamental como cofator de diversas enzimas essenciais para o parasita. A identificação e estudo de genes essenciais para o transporte de ferro por esses parasitas revelaram que a disponibilidade de ferro tem um papel central na geração de amastigotas infectivos. A privação de ferro induz a expressão de uma série de genes cuja função ainda é desconhecida gerando uma excelente oportunidade para a identificação de componentes adicionais da maquinaria molecular responsável pela aquisição, armazenamento e utilização de ferro nesses parasitas. Assim, este projeto tem por objetivo identificar e caracterizar novos genes envolvidos no transporte e metabolismo de ferro, e potencialmente outros metais de transição, em Leishmania a partir da análise de transcriptomas de parasitas privados de ferro. O conhecimento das vias relacionadas ao transporte e metabolismo de ferro é essencial para a compreensão da fisiologia desses parasitas e da relação desse parasita com seus hospedeiros, além de levar a determinação de novos alvos terapêuticos e potencialmente auxiliar no desenvolvimento de novos quimioterápicos contra as leishmanioses. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HONG, AHYUN; ZAMPIERI, RICARDO ANDRADE; SHAW, JEFFREY JON; FLOETER-WINTER, LUCILE MARIA; LARANJEIRA-SILVA, MARIA FERNANDA. One Health Approach to Leishmaniases: Understanding the Disease Dynamics through Diagnostic Tools. PATHOGENS, v. 9, n. 10 OCT 2020. Citações Web of Science: 0.
LARANJEIRA-SILVA, MARIA FERNANDA; HAMZA, IQBAL; PEREZ-VICTORIA, JOSE M. Iron and Heme Metabolism at the Leishmania-Host Interface. Trends in Parasitology, v. 36, n. 3, p. 279-289, MAR 2020. Citações Web of Science: 0.
AOKI, JULIANA IDE; HONG, AHYUN; ZAMPIERI, RICARDO ANDRADE; FLOETER-WINTER, LUCILE MARIA; LARANJEIRA-SILVA, MARIA FERNANDA. In Vivo Infection with Leishmania amazonensis to Evaluate Parasite Virulence in Mice. JOVE-JOURNAL OF VISUALIZED EXPERIMENTS, n. 156 FEB 2020. Citações Web of Science: 0.
AOKI, JULIANA IDE; LARANJEIRA-SILVA, MARIA FERNANDA; MUXEL, SANDRA MARCIA; FLOETER-WINTER, LUCILE MARIA. The impact of arginase activity on virulence factors of Leishmania amazonensis. Current Opinion in Microbiology, v. 52, p. 110-115, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.