Busca avançada
Ano de início
Entree

Oxidações de ligações C-H alifáticas catalisadas por metais de transição

Processo: 18/04837-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de setembro de 2018 - 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Emílio Carlos de Lucca Júnior
Beneficiário:Emílio Carlos de Lucca Júnior
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):Metais de transição  Catálise  Síntese orgânica  Oxidação  Alcenos  Álcoois  Aminas  Compostos halogenados 

Resumo

Os métodos tradicionalmente aplicados para a construção e aumento da complexidade de moléculas orgânicas baseiam-se, em sua maioria, na manipulação de grupos funcionais considerados reativos como, por exemplo, carbonilas, álcoois, aminas e grupos halogenados. Em contraste, a natureza usa rotineiramente métodos para oxidar diretamente ligações C-H, instalando funcionalidades oxidadas diretamente no esqueleto carbônico de moléculas complexas sem a necessidade de pré-funcionalizações. Desta forma, o desenvolvimento de métodos catalíticos para a oxidação de ligações C-H, apresenta uma série de vantagens como, por exemplo, o aumento da eficiência sintética. Apesar dos avanços alcançados, para que a oxidação de ligações C-H alcance a plenitude de seu potencial, uma série de desafios ainda precisam ser vencidos e, desta forma, nos propomos a investigar sistemas catalíticos para desenvolver reações: 1) compatíveis com grupos funcionais ricos em elétrons como, por exemplo, olefinas e anéis aromáticos. 2) que evitem a oxidação de álcoois aos correspondentes compostos carbonilados. 3) que oxidem grupos metílicos aos correspondentes álcoois e/ou ácidos carboxílicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Doutorado Direto e Mestrado em Química Orgânica com bolsas da FAPESP 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.