Busca avançada
Ano de início
Entree

27º COTESP - Congresso de Ortopedia e Traumatologia do Estado de São Paulo

Processo: 18/07905-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 09 de agosto de 2018 - 11 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Sérgio Rocha Piedade
Beneficiário:Sérgio Rocha Piedade
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Ortopedia 

Resumo

A incidência de lesões traumáticas nos membros inferiores está crescendo rapidamente, principalmente em decorrência dos acidentes de trânsito. Normalmente demandam grande gasto ao sistema público, assim como a grande período de convalescência. A palestrante abordará esse tema, mostrando os avanços nas técnicas cirúrgicas.O atendimento inicial do politraumatizado é extremamente importante. O emprego adequado do fixador externo no tratamento das fraturas é fundamental para a recuperação dos pacientes. O palestrante abordará as principais indicações e técnicas cirúrgicas para a montagem do fixador externo nos pacientes politraumatizados.As lesões traumáticas nas mãos são extremamente frequentes e incapacitantes. O diagnóstico correto e o atendimento inicial são importante para diminuir as sequelas. O palestrante abordará as lesões mais frequentes nas mãos, com atualização sobre o tema.A lesões traumáticas podem provocar extensas áreas com falha na cobertura cutânea, expondo estruturas ósseas, vasculares e nervos. A apresentação tem como finalidade mostrar as principais técnicas cirúrgicas utilizadas para o tratamento, diminuindo o tempo de tratamento e facilitando a recuperação funcional do paciente.As lesões na região do joelho são altamente incapacitante por se tratarem de lesões com comprometimento da superfície articular. As fraturas normalmente comprometem a mobilidade articular e o andar do paciente. O palestrante mostrará os avanços nas técnicas cirúrgicas para o tratamento das fraturas na região do joelho.Fraturas do planalto tibial: o que mudou nos últimos 40 anos.As fraturas do planalto tibial estão relacionadas principalmente com acidentes automobilísticos, com incidência crescente. O tratamento inadequado leva a grande incapacidade, interferindo na m (AU)