Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção de escândio a partir de resíduo de bauxita lama vermelha utilizando processo de lixiviação em meio ácido

Processo: 18/11417-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2018 - 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química
Pesquisador responsável:Jorge Alberto Soares Tenório
Beneficiário:Jorge Alberto Soares Tenório
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Denise Crocce Romano Espinosa
Assunto(s):Hidrometalurgia  Terras raras  Bauxita  Lama vermelha  Escândio 

Resumo

A demanda por elementos terras-raras vem aumento, principalmente por escândio devido suas aplicações em ligas de alumínio para aplicações aeroespacial e aeronáutica, células combustíveis de óxido sólido e na produção de lâmpadas de haletos metálicos, sendo que o mesmo se encontra espalhado nos mais diversos tipos de minério. Além dos minérios, há registro na literatura de obtenção de escândio em resíduos de processos hidrometalúrgicos, sendo que entre eles está a Lama Vermelha, proveniente do processo Bayer, onde é possível encontrar concentrações de escândio equivalentes a uma reserva deste metal. A quantidade estimada gerada de Lama Vermelha em todo mundo é de 4 bilhões de toneladas, devido principalmente ao consumo de alumínio, sendo que o mesmo é disposto em barragens de mineração. A partir disso, o presente trabalho tem por objetivo a obtenção de escândio a partir do resíduo de bauxita Lama Vermelha. A primeira parte do trabalho se dará na caracterização do resíduo para determinar concentração dos metais, classificação granulométrica, teor de umidade e alcalinidade. A etapa seguinte será a lixiviação ácida e variáveis como temperatura, tempo de reação, concentração e relação líquido sólido serão estudadas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.